Cortando na carne

Pra dar exemplo
O vereador Leonil Dias (PPS) protocolou na última quarta-feira um projeto de Lei que pretende reduzir em 50% o salário dos vereadores de Vitória, que atualmente recebem cerca de R$ 8.600 por mês. Se aprovado, o salário do nobre edil da Capital passaria para aproximadamente R$ 4.300,00.

Economia
A redução representa uma economia anual de R$ 775 mil aos cofres do Município. Leonil diz que a quantia permitirá à prefeitura “focar em políticas públicas essenciais” e nas áreas “que necessitam de verdade desse dinheiro”.

Paternidade dupla
A ideia, defendida inicialmente por Leonil, ganhou mais um “pai”. É que o vereador Roberto Martins (PTB) também protocolou projeto com o mesmo teor na tarde de quarta.

Votos de mais votos
A coluna faz votos para que mais vereadores encampem a ideia e votem a favor. E que a população da capital cobre a aprovação da lei, e, ainda, “inflame” os habitantes de outros municípios a fazerem o mesmo.

Cortar geral
E não só com relação às Câmaras de Vereadores, mas também à Assembleia Legislativa, ao Congresso Nacional, Poder Executivo e Poder Judiciário.

De volta
Há alguns anos afastado da política partidária, Giuliano dos Anjos – filho de Enivaldo – avisa que está preparando o terreno para voltar à ativa. Há “inclinação natural” por PSL e DEM. Na cola do pai, Giuliano foi eleito vereador duas vezes (2000 e 2004). Também já foi deputado estadual.

Conexões
Além do DEM, onde já esteve filiado, Giuliano dos Anjos mantém boa relação com o PSL de Barra de São Francisco, reduto político da família. O presidente da Câmara de Vereadores, Juvenal Calixto, é do partido de Bolsonaro.

Do ES para o mundo
O ex-governador Paulo Hartung (sem partido) está mesmo decidido a obter algum protagonismo em nível nacional. Desde quando saiu do cargo, não para de se articular. Depois de ter sido escolhido para compor o Conselho Nacional de Justiça e de palestrar no RJ, SP e GO, agora vai integrar o Conselho Consultivo da Educação do Estado de São Paulo. O convite foi feito pela presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna.

Foto da Coluna: Assessoria.

(316Publicações)

Alex Pandini é jornalista, tem 48 anos e mais de 25 de experiência em comunicação, com destaque para assessoria e consultoria política e telejornalismo. Atualmente, responde pelo quadro De Olho no Poder, no Jornal da TV Vitória/RecordTV, e desde julho assina a coluna Bastidores do Jornal Online Folha Vitória.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *