9 set 2014

Relação de Audifax e a Câmara promete ser acirrada em 2015

Publicado às 19:50 | Postado por Josué de Oliveira

nadiaDepois que a Justiça decidiu pela segunda vez negar pedido de anulação da nova Mesa Diretora da Câmara da Serra, a relação entre o prefeito Audifax Barcelos (PSB) e a nova presidente da Casa, Neidia Maura Pimentel (SDD), azedou de vez. Em discurso acalorado na tribuna, a vereadora soltou o verbo contra o chefe do Executivo serrano. Disse que o socialista parecia o 24º vereador, já que tentou interferir no processo de escolha da Mesa, mas que agora deve estar chateado com a derrota na Justiça. Sobrou até para o presidente da Casa, Guto Lorenzoni (PP). Esbravejou ao dizer que ele deveria assumir o papel de líder do Legislativo e não apenas assinar o que o prefeito determina. O clima estremeceu depois que um grupo de parlamentares, com aval de Audifax, tentou barrar a escolha de Neidia para presidente.

Sem quórum
No último mês de campanha, os deputados estaduais estão cada vez mais longe da Assembleia. Na sessão desta terça-feira, o deputado Elcio Alvares (DEM) reclamou que está difícil reunir os colegas da Comissão de Justiça para votar projetos. Chegou a pedir interferência do presidente Theodorico Ferraço (DEM) para resolver a situação. Parece que o problema é falta de bom senso mesmo.

Conspiração
O apoio do delegado Fabiano Contarato à candidatura do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) gerou especulações no meio político. O anúncio, segundo comenta-se nos bastidores, ficou parecendo uma situação orquestrada pelo ex-xerife do trânsito para enfraquecer o governador Renato Casagrande (PSB) que disputa a reeleição. Soou estranho o apoio ao principal adversário do socialista logo após uma enxurrada de críticas ao Palácio Anchieta.

Voto da fé
Candidatos estão aproveitando o final de semana para participar de cultos em igrejas evangélicas da Grande Vitória. No último domingo, por exemplo, uma senhora distribuía santinhos na porta da Igreja Batista da Glória, em Vila Velha. Mas no templo religioso, a campanha só é permitida da porta para fora por determinação do pastor Joel Félix.

Selfie no culto
Embora não seja candidato, o vereador de Vila Velha Belarmino Nunes (SDD) nunca deixa o rebanho de eleitores evangélicos de lado. Mas durante um culto no último domingo, o parlamentar, que é popular entre o povo de Deus, não perdeu a chance e sacou seu smartphone para fazer um selfie com um membro da congregação. O pastor não viu, mas Deus ficou só observando!

Efeito Petrobras
Parece que depois que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa passou a entregar o suposto esquema de corrupção na estatal, candidatos aqui no Espírito Santo têm evitado aparecer em público ao lado do ex-prefeito João Coser (PT), que concorre a uma vaga no Senado. Nos bastidores, dizem que o escândalo deve desgastar a imagem do ex-prefeito, já que ele é do mesmo partido da presidente Dilma Rousseff.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
25 ago 2014

Rose ignora Hartung em material de campanha eleitoral

Publicado às 21:19 | Postado por Josué de Oliveira

roseA relação entre a deputada federal Rose de Freitas (PMDB) e o ex-governador Paulo Hartung (PMDB) nunca foi das melhores, mas os dois acabaram se reaproximando após ela ter sido incluída na sua chapa para concorrer ao Senado. No seu material de campanha distribuído nas ruas, no entanto, Rose faz um balanço de todas suas atividades parlamentares, as ações em benefício do Espírito Santo, mas em nenhum momento faz alusão ao neo-companheiro de campanha. Muito pelo contrário, há imagem, inclusive, ao lado do governador Renato Casagrande (PSB), candidato à reeleição e principal adversário de Hartung nas urnas.

Agressividade I
O clima eleitoral começa a ficar acirrado entre os candidatos que disputam o Governo do Estado. Em sua página na Internet, o candidato a vice na chapa do governador Renato Casagrande, Fabrício Gandini (PPS), postou diversas placas de campanha que foram destruídas, segundo ele, por adversários.

Agressividade II
Os ataques aconteceram na Grande Vitória e também em municípios do interior do Estado. Gandini acusou o deputado César Colnago (PSDB), vice na chapa de Hartung, de ser o autor da destruição. “Já tive o desprazer de conhecer como César Colnago faz campanha. Infelizmente conheço ele e a baixaria que fez na eleição de Vitória. É isso que vc (sic) quer no Espírito Santo? Vale tudo?”, provocou Gandini.

O outro lado
A Coluna tentou entrar em contado com Colnago, mas ele não retornou o contato. Sua assessoria, no entanto, negou que o tucano tenha qualquer participação nos ataques e que o deputado não vai alimentar essa polêmica.

Propaganda
A Eco101, concessionária que administra a BR-101, começou a retirar as placas de propaganda colocadas por candidatos. Ao todo, foram retirados mais de 30 outdoor instalados ao longo da rodovia. A empresa informa que qualquer tipo de propaganda nas laterais da rodovia precisam ser submetidas à aprovação da ANTT e que aquelas que estiverem irregulares serão retiradas. Fica a dica!

Deu samba
Candidatos em campanha lotaram a quadra da escola de samba Mocidade Unida da Glória (MUG) no final de semana para a tradicional Feijoada da agremiação. Por lá estiveram o candidato ao governo Renato Casagrande (PSB); ao Senado João Coser (PT) e Neucimar Fraga (PV); e à Câmara Iriny Lopes (PT) e Max Filho (PSDB). A petista, por sua ligação com o samba, parecia até “pinto no lixo”.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
13 ago 2014

Entrada de Marina pode fortalecer candidatura de Casagrande

Publicado às 18:56 | Postado por Josué de Oliveira

camposCom trágica morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), o cenário político vai passar por uma reviravolta. A previsão é de que a vice Marina Silva assuma a cabeça da chapa e a mudança pode respingar no Espírito Santo. A ex-senadora agora pode alavancar a candidatura do governador Renato Casagrande, de quem sempre foi amiga. O chefe do Palácio Anchieta declarou após a tragédia que a campanha tem que parar até passar o luto, mas nos bastidores o meio político está em polvorosa já analisando os impactos que o acidente aéreo vai causar nas próximas eleições.

Novo cenário
Vale lembrar que Marina desbancou, nas últimas eleições presidenciais, o ex-governador José Serra (PSDB) e a então candidata Dilma Rousseff (PT) aqui no Estado. Com ela no palanque de Casagrande, especula-se que esses votos podem ser transferidos para o candidato governista.

Marketing
A morte de Campos, segundo o consultor de marketing político Fernando Carreiro, pode causar uma comoção nacional e acabar levando Marina para um eventual segundo turno contra Dilma, o que deixaria Aécio Neves (PSDB) de fora da disputa. Só tem que tomar cuidado para não ser acusada de usar a tragédia para fins eleitorais, explicou o especialista.

Sem campanha
Embora estejam de lados opostos, adversários políticos decidiram cancelar todos os compromissos de campanha para os próximos dias. Assim como Dilma, os petistas capixabas também vão seguir a orientação da direção nacional da sigla e vão guardar o luto pela morte de Campos. O governador Renato Casagrande também não participará de eventos eleitorais.

Felicidade
Em meio à tragédia um sinal de vida e esperança. O senador Ricardo Ferraço (PMDB) comemorou o nascimento do seu filho Arthur na últmia terça-feira. “Ele é uma luz nas nossas vidas, uma bênção para Vivian e eu. O dia é de muita alegria pra toda a família”.

Barraco
Os ânimos se exaltaram durante debate sobre o novo plano municipal de Cultura, que aconteceu na Câmara de Vitória. Houve muito bate-boca porque nem todos concordaram com emendas apresentadas ao projeto. O vereador Zezito Maio (PMDB) chegou a chamar o presidente Davi Esmael (PSB) de tirano. O clima ficou pesado!

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
11 ago 2014

Apoio de Juninho a Hartung aproxima Helder de Casagrande

Publicado às 21:02 | Postado por Josué de Oliveira

helderEmbora o Partido dos Trabalhadores (PT) tenha como candidato ao governo do Estado o deputado Roberto Carlos, o ex-prefeito Hélder Salomão (PT) estaria ensaiando uma aproximação com o governador Renato Casagrande (PSB). O petista é aliado de Casagrande e só deixou o Governo para se dedicar à candidatura a deputado federal. Com a decisão de Juninho em mudar de lado ao anunciar apoio ao ex-governador Paulo Hartung (PMDB), confirmada nesta segunda-feira e antecipada pela Coluna na semana passada, os socialistas já estão prontos para recebê-lo no palanque governista. Helder foi procurado para comentar o assunto, mas não retornou o contato.

Troca-troca
Segundo interlocutores, Casagrande não tem desanimado com a perda de apoio dos prefeitos que assinaram o manifesto em prol da sua reeleição. Garantem que ele considera essa debandada como a “mão de Deus ajudando em sua campanha”, já que novas lideranças importantes estão chegando para substituir os que não cumpriram com a palavra.

Clima tenso
Após Juninho mudar de lado e criticar sua participação dentro do PPS, o prefeito de Cariacica colocou fim à trégua com o prefeito Luciano Rezende, líder do partido no Espírito Santo. A relação deles nunca foi das melhores, mas foi amenizada quando Juninho decidiu apoiar Casagrande. Agora é bom não convidá-los para a mesma festa.

Acidente I
Após o acidente envolvendo o deputado Glauber Coelho (PSB) no último domingo, os colegas de plenário ficaram abalados e nesta segunda-feira decidiram suspender os trabalhos na Assembleia Legislativa, que era presidida pela deputada Janete de Sá (PMN). Ao encerrar os trabalhos, o deputado Da Vitória (PDT) pediu para fazer um pronunciamento, mas foi advertido pela parlamentar para que fosse breve. “Vai ser mais rápido que sua mensagem de encerramento da sessão”, respondeu.

Acidente II
Na Câmara de Cachoeiro, cidade de Glauber, o clima também é de total consternação. O presidente da Casa, Julio Ferrari, deixou as diferenças políticas de lado, e disse que declarou que Glauber é um “jovem vitorioso, inteligente e muito talento”. Desejou que ele se recupere o mais rápido possível, assim como as outras vítimas da batida.

Abraço polêmico
Mal chegou na campanha do candidato Paulo Hartung, o marqueteiro Jorge Oliveira já é alvo de polêmica. O ex-secretário Ledir Porto, que disputa vaga na Assembleia, diz que o slogan do “abraço” usado agora na nova campanha de Hartung já era utilizado por ele há algum tempo. Procurado pela Coluna, o comitê do ex-governador preferiu não comentar o assunto e jogou água fria na fogueira. Aquele abraço…

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
8 ago 2014

Juninho fecha apoio à candidatura de Hartung ao Governo

Publicado às 22:02 | Postado por Josué de Oliveira

juninho_geraldo_luzia_junior_prefeito_de_cariacica__c2aa3fd481Fim do mistério! O prefeito de Cariacica Geraldo Luzia, o Juninho (PPS), finalmente bateu o martelo e decidiu declarar apoio à candidatura do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) ao Governo do Estado. A decisão, repassada à Coluna em primeira mão por interlocutores do prefeito, será oficializada somente na próxima segunda-feira durante encontro com o próprio peemedebista. A cerimônia vai reunir também empresários e lideranças da cidade no Sítio Torezani, a partir do meio-dia. Fontes da Coluna afirmam que Juninho, que anteriormente tinha declarado apoio ao governador Renato Casagrande, tomou a decisão após conversar com vários segmentos da sociedade local. É mais uma baixa no palanque socialista.

Rádio corredor
Notícia que circula nos corredores do Executivo canela-verde revela que o prefeito Rodney Miranda estaria estimulando seus subordinados para votar no ex-prefeito Neucimar Fraga (PV) para o Senado, embora sejam adversários. A ideia seria tirar Neucimar da disputa para prefeito quando o democrata for concorrer à reeleição em 2016.

Festa na Serra
O ex-prefeito da Serra Sérgio Vidigal (PDT) vai lançar sua candidatura a deputado federal neste sábado. A festa vai contar com a presença do ex-governador Paulo Hartung, já que Vidigal vai aproveitar o evento para declarar apoio ao peemedebista. O encontro acontece no clube Golaço, em Jardim Limoeiro, às 10 horas.

Desalojados
Com a crise no Flamengo, tem urubu procurando abrigo até na Assembleia Legislativa. Na última quinta-feira (8), policiais ambientais e bombeiros fizeram uma operação para retirar um ninho de urubu localizado no 9º andar do prédio da Casa. Os militares usaram até rapel para o resgate. Agora as aves ficam sobrevoando as janelas atrás dos filhotes.

Lixeira
Servidores da Assembleia reclamam que o serviço de limpeza da Casa anda de mal a pior. Eles dizem que os sacos plásticos usados nas lixeiras de dentro dos gabinetes estão sendo reaproveitados por até três dias. Pelo visto não está fácil para ninguém…

Troca-troca
O ex-presidente da Câmara de Vila Velha Jonimar Oliveira, que é fiscal de obras da prefeitura de Cariacica, foi cedido para o município de Vila Velha para atuar na mesma função. O benefício foi concedido graças a um convênio entre os prefeitos Rodney Miranda (DEM) e Juninho (PPS).

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
4 jul 2014

PSB define nome de Gandini para vice de Casagrande

Publicado às 21:21 | Postado por Gabriel Serafim

fabricio_gandini__87da530dd0Na quinta-feira passada a coluna avisou. O nome do vice-governador na chapa de Renato Casagrande (PSB) sairia do PPS. O partido se manteve aliado do atual governo. O prefeito da capital, Luciano Rezende, ainda em 2013 deixava claro que não concordava com qualquer possibilidade de mudança no quadro atual. Depois de muitas reuniões e conversas. Encontros e telefonemas, a decisão enfim saiu. Fabrício Gandini foi o nome escolhido. Avisamos que não seria Sandro Locutor. Gandini é presidente da Câmara Municipal de Vitória. A confirmação veio do presidente de uma importante sigla na disputa.

Rumo ao hexa

LUCIANO COPA
Luciano Rezende acompanhou o jogo entre Brasil e Colômbia ao lado da esposa Marina e dos filhos Artur e Davi. O registro foi feito por Tati Guzzo.

JUNINHO COPA

Em Cariacica Juninho tirou foto durante a partida com as lindas filhas Lara e Ana Julia.

GILSON COPA

O vizinho Gilson Daniel juntou a família numa festa em Viana. Ao lado da esposa Sídina, da filha Alice e das cunhadas Simone e Sidilaine, torceu e viu o Brasil ganhar.

Carne boa
Luzia Toledo (PMDB) esteve quinta-feira no município de Montanha, norte do Espírito Santo. Após o cumprimento da agenda política aproveitou para conversar com os moradores e separar um bom pedaço de carne do sol. O churrasco para assistir aos jogos do Brasil foi garantido até a final da Copa.

Tática virtual
Diariamente o PSDB nacional envia emails para uma lista incontável de remetentes. Mostram ações, apresentam números, detalham promessas não cumpridas. Mas tiveram que engolir a porcentagem da presidente Dilma Rousseff crescer na última pesquisa Datafolha. A última mensagem de mala direta falava sobre a reprovação de Dilma entre empresários e apresentava um momento crítico da economia. Os números não estão mudando. Melhor mudarem a estratégia.

Vintage
Em Alfredo Chaves uma iniciativa interessante. Lógico que tablets, computadores e smartphones fazem parte do cotidiano e do aprendizado das crianças, mas professores de mais de duas dezenas de escolas do interior do município, participaram de uma oficina de fantoches em espuma. A finalidade é inovar o trabalho com os alunos. Para as crianças dessa geração tecnológica realmente será uma inovação.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
3 jul 2014

Retorno de uma velha aliança pode deixar Dilma sem palanque no Estado

Publicado às 19:51 | Postado por Gabriel Serafim

montagem bastidoresDois dias que prometem ser movimentados. Em foco o vice-governador na chapa de Renato Casagrande (PSB). Umas das possibilidades, quem diria, é o Partido dos Trabalhadores. João Coser, presidente do partido, foi chamado às pressas no final da tarde dessa quinta-feira. Uma aliança de quatro anos na vice-governadoria, mostra força para mais quatro. Um dos obstáculos é convencer Brasília. O PT perderia o palanque exclusivo para a candidata Dilma Rousseff.

O certo, outrora duvidoso!
O prazo final para os registros das candidaturas termina no próximo sábado. O último dia 30 foi a data limite para as convenções. Porém, dias antes de um importante partido se reunir em convenção, um encontro reservado para um café na casa de uma experiente parlamentar, por pouco não fez a sucessão estadual voltar ao status original, digamos, da grande união.

Rumo de colisão
Eram quatro notáveis, três deles donos de cargos eletivos. Da câmara federal dois representantes, e um membro da Assembléia Legislativa. Entre uma xícara e outra, a conversa chegou num ponto que poderia mudar a disputa do pleito deste ano.

Mais açúcar, por favor
A parlamentar de longa data tratou de mostrar punho firme. Disse que não abre mão da disputa desse ano, afinal ela quer mudar de casa. Percebendo a possibilidade de retrocesso, deixou claro que a convenção sopraria todos os ventos para ela.

Continuando
Algumas palavras engolidas. Outras que não saíram completas.
A segunda mulher presente nesse café, que estava amargando, tratou de endireitar a prosa. Marcou terreno. Não deu espaço para uma reviravolta naquele momento.

De mãos dadas
Na convenção estavam todos lá, como se nada ocorresse naquela semana. Que o cenário era complicado, todos já sabiam. Sobretudo quando se anunciava um palanque de oposição, que por pouco quase, novamente, vira situação.

Mudando de assunto
Magno Malta anda preocupado com tantos acontecimentos. Num dia Dilma em solo capixaba. No outro jogo da seleção. Pessoas próximas brincam que ele não quer dividir holofotes para anunciar a decisão do PR.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
1 jul 2014

Dilma vem ao Estado para somar horas em solo capixaba. Aliás, poucas

Publicado às 19:58 | Postado por Gabriel Serafim

dilma_haiti__58716f82ecQuando esteve aqui em dezembro do ano passado para sobrevoar áreas alagadas, apenas na região da Grande Vitória, a presidente Dilma Rousseff fez questão de afirmar que devíamos nos orgulhar em receber a nobre visita num dia 24, véspera de natal. Cento e noventa dias depois está marcada mais uma vinda da maior autoridade do executivo nacional.

Vem para totalizar sete horas no Espírito Santo desde que foi eleita. Dilma vem entregar mais de 400 unidades habitacionais do programa “Minha Casa, Minha Vida”, em Jabaeté, Vila Velha. Fez algo parecido no dia 23 do mês passado no estado do Amapá. Mas por lá foram entregues 2148 unidades.

Mas voltando os olhos para nossa realidade e deixando um pouco de lado essa diferença de quase 1800 residências do “Minha Casa, Minha Vida”, a presidente chega ao Espírito Santo exatos dois dias após as convenções partidárias que definiram rumos importantes para as eleições majoritárias desse ano.

Liguem o microfone
Aparentemente seu palanque está garantido para o período eleitoral. O PT tirou a chance de Roberto Carlos se reeleger deputado estadual para lançá-lo numa arena de gigantes. Resta saber se o parlamentar será protagonista ou coadjuvante no pleito de outubro.

Vamos votar amiguinhos
Na Assembléia Legislativa, não tente encontrar um deputado em plenário em dia de jogo da seleção brasileira. Foi assim na terça 17, e na segunda 23. Mas os legisladores estaduais devem ficar na casa do povo, enquanto Dilma Rousseff estiver em solo capixaba. O novo líder do governo, deputado Vandinho Leite, pediu quorum Maximo para votação de amanha. Vandinho (PSB) é candidato a deputado federal. O partido que é o mesmo do governador, apoiará Eduardo Campos para presidência da república.

Amigo de fé
O presidente da Assembléia, deputado Theodorico Ferraço (DEM) avisou que a casa irá enviar um representante. O escolhido foi o deputado Roberto Carlos. Que coincidência!

Quanto assunto
18h25 de terça-feira, dia 1º de julho. As convenções já acabaram. Mas as conversas nunca. E nessa hora que citei, estavam reunidos o governador Renato Casagrande e o senador Magno Malta. O primeiro PSB, o segundo PR. Para garantir a privacidade, a conversa seguia praticamente na base dos sussurros. Vale lembrar que Casagrande disse dias atrás que a vice-governadoria viria de outros partidos.

Mudanças na faixa
Em Vitória os motoqueiros devem ganhar em breve uma faixa exclusiva entre os carros e a faixa de pedestre. O lugar privilegiado para receber o sinal verde nos semáforos está previsto num projeto de lei aprovado na Câmara Municipal de Vitória.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
30 jun 2014

Após o pedido inimigo, acabou a paciência

Publicado às 21:37 | Postado por Gabriel Serafim

governo_palacio_anchieta__dab0830e90Na entrevista coletiva do governador Renato Casagrande (PSB) para comentar os ataques do ex-governador Paulo Hartung (PMDB), Casagrande deixou escapar que na época da transição de cargo, quando ainda jantava ao lado de Hartung, recebeu um pedido do ex-governador para evitar comentar sobre algum problema do governo passado, como o Cais das Artes e a Rodovia Leste Oeste, por exemplo.

O Renato Casagrande preferiu reunir a imprensa fora do recinto governamental. Saiu do palácio Anchieta e numa sala na área nobre de Vitória, apontou os canhões para o seu adversário mais difícil.

Em outra direção
Na convenção do partido Democratas ficou acertado o apoio a chapa do ex-governador Paulo Hartung (PMDB), com isso o deputado estadual Elcio Alvares (DEM) se afastou da função de líder do Executivo na Assembléia. Casagrande ainda nessa semana deve sinalizar se mantém o vice-líder Atayde Armani. O problema é que o deputado também é do DEM. Na sessão dessa segunda-feira, José Esmeraldo (PMDB) foi até o microfone do plenário para elogiar e sugerir que o deputado Freitas (PSB) seja o escolhido do Governo. Freitas, que ocupava a tribuna, sem ficar encabulado, sorriu e agradeceu ao colega.

Musculatura para a campanha
As reuniões dos republicanos seguiram até tarde nessa segunda-feira. Passava das 21h e o  senador Magno Malta ainda conversava com lideres de outras legendas. Informava pessoalmente as decisões do PR. Não queria que os aliados fossem pegos de surpresa. Muito mistério até o último momento.

Limpando a gaveta
A próxima sexta-feira será um dia importante. Mas para Fabiano Contarato a expectativa não é pelo jogo do Brasil contra a Colômbia pelas quartas de final da Copa do Mundo. O delegado titular da delegacia de Delitos de Trânsito entra de licença no próximo dia 4. Anunciado como candidato a vaga de Senador da República pelo PR, Contarato precisa se afastar dos inquéritos. Cláudia Dematté, continua na delegacia, mas a chefia da policia civil ainda irá decidir se coloca outro delegado no lugar de Fabiano Contarato. Domingo, após a convenção, o delegado foi comemorar o anuncio da candidatura ao senado, numa churrascaria. Depois, se reuniu com os familiares que estiveram presentes na solenidade. E a família foi em peso. Quatro irmãos, dois cunhados, uma tia e dois sobrinhos.

De olho nos políticos
Contarato, além de delegado, também é professor. As aulas nas duas faculdades em que leciona, seguem até o fim do semestre. Combatendo os crimes de trânsito, o delegado ficou pop. Mas os políticos estão na mira de Fabiano Contarato. Diz o delegado nas promessas de campanha, que pretende tornar crime hediondo todos os delitos cometidos por políticos. Será que vão se arrepender de ter escolhido o delegado como candidato ao senado?!

Porta dos fundos
Em Cachoeiro de Itapemirim foi demitido o contador da Câmara Municipal. Hélio Grechi Roza é suspeito de desviar R$ 1,6 milhão e está sendo investigado pela Justiça e o Ministério Público. Hélio já foi preso duas vezes e fazia parte do quadro de servidores da casa há 26 anos.

Concorrência interna
Em pleno domingo o plenário da Assembléia estava movimentado com a convenção do PRP-ES. O partido deve seguir no apoio a Paulo Hartung (PMDB) para governador, e no cenário nacional já anunciou que faz parte da chapa de Eduardo Campos (PSB) para Presidência da República. Chama a atenção o número de 90 candidatos a Deputado Estadual. Vai faltar tempo de propaganda política para anunciar as propostas e os cinco dígitos de cada candidato.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
26 jun 2014

PT pode recuar com Roberto Carlos e fechar com Casagrande

Publicado às 18:44 | Postado por Josué de Oliveira

joao_coser__12ca8e0af2Na reta final das definições das candidaturas, o meio político segue em polvorosa com as especulações sobre a formação das alianças para as eleições deste ano. Fontes ligadas ao Partido dos Trabalhadores (PT-ES), por exemplo, ainda acreditam que há possibilidade do partido recuar com a intenção de lançar o deputado Roberto Carlos ao Governo do Estado e declarar apoio ao governador Renato Casagrande. Com isso, o presidente da sigla, o ex-prefeito João Coser (PT), poderia concorrer a vaga no Senado pela chapa palaciana. O que ninguém sabe ainda é se o PSB ainda vai querer essa aliança aos 45 minutos do segundo tempo. Tudo vai depender também da definição do PSDB, que insiste em postergar a decisão de apoiar Casagrande ou o ex-governador Paulo Hartung.

Preocupação
Servidores estaduais do segundo e terceiro escalão do Governo ligados ao ex-governador Paulo Hartung (PMDB) estão preocupados com a oficialização da sua candidatura. Temem que depois da convenção, no próximo domingo (29), os cargos comecem a ser rifados. A maioria, inclusive, já teria se acostumado com o modelo da atual administração e não querem mudança.

Mais gastos
Embora tenha registrado uma queda de receita, o gasto com pessoal nas prefeituras teve uma alta de quase 2% em 2013. Os dados fazem parte da 20ª edição do anuário Finanças dos Munícipios Capixabas, da Aequus Consultoria, que apresenta um panorama dos indicadores fiscais das cidades. O estudo é muito aguardado pelos prefeitos e secretários de Fazenda, já que aponta a real perda de receita no comparativo com 2012.

Menos receita
De acordo com o levantamento, que será divulgado em sua totalidade na próxima segunda-feira, a queda de receita nas prefeituras chegou a marca de 6,3%. A redução pode ter sido motivada, ainda, pelos efeitos da crise financeira mundial. O anuário verifica ainda as arrecadações dos impostos, investimentos, gastos com Saúde e Educação, Assistência Social e Câmaras de Vereadores. Um prato cheio para o eleitor em pleno ano eleitoral.

Sonegação
Prefeituras, União, Governo Estadual e Municipal devem ficar de olho em profissionais de engenharia e arquitetura que atuam no Estado. Há informações de que a cobrança de honorários registrada no CREA-ES chega a menos de R$ 0,10. A estratégica seria utilizada para a sonegação de diversos impostos. E ninguém fiscaliza isso?

Esclarecimento
O vereador Marcelão (PT) entrou em contato com a Coluna para esclarecer que não é candidato a presidente da Câmara, conforme a Coluna divulgou na edição anterior. Embora faça parte do G8 (grupo que defende a atencipação da eleição da Mesa), o petista diz que ainda não existe um nome definido. A ideia agora é não deixar o processo eleitoral influenciar na escolha do novo presidente.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:

4Ps Agência Digital agência digital 2007 - FOLHA VITÓRIA - Todos os direitos reservados - Anuncie - Expediente - Cadastro - Fale Conosco - Política de Privacidade - RSS