Ex-deputado Cabo Elson chama eleitores de medíocres

Mesmo com um histórico nada invejável, tendo respondido a processos em diversas instâncias do judiciário, o ex-deputado Cabo Elson resolveu soltar uma pérola, na manhã deste domingo (31), nas redes sociais. Demonstrando indignação com a situação político-econômica do País, Elson que deve se arrepender do post, chamou uma parcela do eleitorado de “MEDÍOCRE”, assim, em caixa alta. Além do texto, um vídeo foi postado.

Violência contra a mulher
O ex-deputado Cabo Elson já foi processado por ter disparado três tiros de arma de fogo contra a própria esposa, em 2006, tendo sido derrotado nas urnas, quando tentou a reeleição, o que não o impediu de ganhar um cargo de assessor especial na Casa Civil do Estado, por ter ajudado a arquivar a CPI dos Grampos.

Funcionários fantasmas
No último dia 11, Cabo Elson foi acusado de contratar funcionários fantasmas. O caso tramitava na Justiça há mais de dez anos, e agora, Cabo Elson terá que responder, por nomear vários servidores para trabalhar no gabinete, em 2003, que recebiam os salários, mas, não iam à Assembleia Legislativa (Ales).

Improbidade de Elson
De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o ex-deputado deve ser condenado por improbidade administrativa, crime cometido por agentes públicos, como é o caso de políticos. Para fazer a denúncia o Ministério ouviu depoimentos de testemunhas e gravações telefônicas, que, segundo o órgão, não deixam dúvidas sobre a fraude. Em 2014, Cabo Elson foi condenado a pagar multa por fazer campanha eleitoral antecipada nas redes sociais.

Ação do MPES e do TCES contra a Serra
O Ministério Público Estadual (MPES) e o Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES) acabam de entrar com uma ação contra o município da Serra. Segundo o vereador Gideão Svensson (PR), que protocolou a representação, que resultou na ação, uma escola da rede municipal de ensino, no Centro da Serra está abandonada a mais de um ano.

Roubo de material
O parlamentar denuncia que as janelas de alumínio roubadas, outras tantas destruídas, pedras de granito roubadas, pedras de mármore roubadas, placa da obra roubada, infiltrações severas, revestimento de teto caindo, mofo, ligação clandestina de energia – o famoso gato, entre outras irregularidades. Gideão cobra punição dos responsáveis.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog Bastidores 300x200px Blog Esplanada

(524Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *