Mensaleiros presos terão Ala das Autoridades e conforto

Será concluído em Dezembro o presídio federal ao lado do complexo da Papuda, em Brasília, para onde serão transferidos os mensaleiros presos, que terão ala especial para autoridades (ex-mandatários e condenados por crime do colarinho branco). A ala não é apenas capricho para poderosos, mas necessidade: desde a condenação pelo STF, a Papuda chegou a abrigar até nove ex-deputados – alguns foram transferidos. Serão 208 celas para regime ordinário e 12 celas para RDD, todas individuais, com cama e móveis de concreto e instalações sanitárias’. Hoje, quatro mensaleiros dividem cela bem menor. Até o fechamento da Coluna, eram oito os ex-mandatários presos: Dirceu, João Paulo Cunha, Bispo Rodrigues, Valdemar, Romeu Queiroz, Henry, Pedro Correa e Donadon.

Remição por leitura
A Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça analisa criação de Portaria para abatimento de pena de condenados por leitura, para a Penitenciária do Distrito Federal 1 (PDF1) – onde cumprem penas os mensaleiros. Segundo a Secretaria do Sistema Penitenciária de Brasília, os juízes avaliam um projeto piloto com redução de pena por livro lido, mas sem previsão de regulação. Na ânsia de reduzir dias na cadeia, José Dirceu (PT) lê seguidos títulos, com esperança de que a Portaria tenha efeito retroativo.

Silêncio
As obras lidas por Dirceu são um mistério, escolhidas pelo próprio, e sem critério de avaliação da Papuda. Procurado sobre a lista de títulos, seu advogado não retornou. Nos presídios de outros Estados, como Paraná, o preso tem 30 dias para ler um livro, e fazer relatório que é submetido a avaliação de professor. Aí sim ganha redução de pena. Hoje, na Papuda, é assim: três dias trabalhados dão direito a um a menos de pena. Zé, assim chamado por colegas de serviço, varre o pátio e organiza livros na biblioteca.

Mistério Céu-Mar
Pilotos brasileiros comentam que a Malaysia Air prima pela qualidade operacional dos aviões modernos (Além de Boeing novos, possuem A380 e Jumbo NG), e a tripulação é experimentada. Daí a suspeita geral de que houve atentado. ‘O avião B777 possui dispositivos aviônicos de alarme quase automáticos. Nenhum suspiro foi ouvido. A menos que apareçam vestígios reais, como pedaços significativos da aeronave flutuando, o que aconteceria em 12 horas, é aguardar as buscas. Só para lembrar que um avião da Varig vindo de Narita para NY desapareceu há 35 anos, nem uma poltrona foi encontrada’ até hoje, destaca experiente piloto aposentado da FAB.

Seu dinheiro..
Concessão no Brasil é assim: o governo faz obras e entrega o aeroporto tinindo de novo para o concessionário. O Planalto acaba de publicar decreto dia 6 de março liberando aporte de R$ 306 milhões para o capital da Infraero, para sociedade com concessionários dos aeroportos do Galeão (Rio) e Confins (Belo Horizonte). O crédito suplementar é dinheiro que poderia resolver muitos problemas dos aeroportos sem precisar de concessão. Serão R$ 177 milhões para o Galeão e R$ 129 milhões para Confins para obras que poderiam ser tocadas pelos concessionários.

Cadê o investimento?
A Grande São Paulo começou a sofrer o racionamento de distribuição de água, com os reservatórios da Cantareira baixos. Curioso é que o lucro da Sabesp passou de R$ 1 bilhão ano passado – acumulado no 3º trimestre de 2013 foi de R$ 735 milhões. Ambientalistas criticam o governo por não investir na preservação de nascentes, como fizeram o governo de Nova York no Rio Hudson e a pequena Extrema (MG), a 108 km da capital paulista, que tem fornecido 33 mil litros/segundo para Cantareira. Resultado: A Sabesp vai puxar das represas de Guarapiranga e Alto Tietê uma água mais suja, resultado de muito despejo químico.

Escavando a História
O grupo dissidente de familiares de desaparecidos políticos, contrário ao grupo oficial nomeado pela Secretaria de Direitos Humanos, pretende visitar até quarta a juíza Solange Salgado, da 1ª Vara Federal em Brasília, para apresentar documentos e citar o militar que quer revelar paradeiro dos corpos na Serra das Andorinhas no Araguaia. O grupo quer que a juíza autorize novas buscas, comandadas pelo misterioso militar da reserva – que participara da Operação Limpeza. Ele pode indicar a localização de 22 corpos. É que o governo quer holofote, e o ex-oficial, a discrição, temendo ser morto.

O Jesuíta
Veja como o Papa Francisco, também jesuíta como foi o José de Anchieta, revoluciona a Igreja. O pontífice vai bancar, por decreto, a canonização do famoso Padre que morreu em 1597 e fez história no litoral capixaba. Há 417 anos o Vaticano trata com desdém a situação. Padre Anchieta foi um dos fundadores de São Paulo – e não apenas a capital. Andando pelo litoral até o Sul da Bahia, fundou vários vilarejos, hoje conhecidas cidades. Foi beatificado por João Paulo II. Enfim, o espanhol será um santo ‘brasileiro’.

Chile & Brasil
A presidente Dilma vai participar da posse de Michele Bachelet na terça em Santiago no Chile. O país tem PIB de US$ 248 bilhões , enquanto o Brasil tem PIB de US$ 2,47 trilhões. Mas lá a taxa média de crescimento foi de 4,6% de 2000 a 2010, e a daqui, no mesmo período (nas vacas gordas) de 2,7%.

Maldade.com
Em tempos de internet e pré-campanha, surge muita maldade apócrifa também: a polícia ainda não identificou quem espalhou mentira, nas redes sociais, sobre o Bolsa-Prostituta de R$ 2 mil, de projeto que seria da senadora Ana Rita (PT-ES).

Opção petista
O economista Guilherme Lacerda, ex-presidente da Funcef e diretor do BNDES, com aval do presidente estadual do PT, João Coser, colocou seu nome à mesa para se candidatar ao governo do Espírito Santo, ou a vice de Renato Casagrande (PSB).

Mercado pra peixe
A Feira 48 Horas de Peixe, que o Ministério da Pesca pretende realizar em Brasília ano que vem, trará muito mais que novidades de pescado. Boxes vão mostrar o potencial mercado de moda com couro de tilápia e pirarucu para bolsas, sapatos e outros produtos.

Freio de mão
Estão assustados os empregados da empresa de ônibus Santo Antônio no entorno de Brasília, do ex-senador Valmir Amaral, que passa por dificuldades financeiras: oficiais de justiça penhoram até pneu furado.

No ar
Fim do mistério em Brasília. É a PF quem usa diariamente o heliponto da sede da Anatel, vizinho da sede da Polícia. Mas os ilustres passageiros são um mistério.

Abusando da sorte
Surge à boca pequena entre advogados defensores a tese de que os mensaleiros absolvidos pela Formação de Quadrilha deveriam processar os ministros do Supremo.

Tratorando
Em ano de eleição, os governos federal e de Minas disputam a preferência dos prefeitos distribuindo tratores, caminhões. O Estado é o segundo colégio eleitoral do País.

Novo Jornalismo
Uma boa notícia. Os excelentes jornalistas Felipe Seligman, Andrei Netto, Breno Costa, Fernando Mello e Marc Sangarne lançaram o portal http://indiejournalism.com/pt-br/ .
______________________________
Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

(21Publicações)

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros. Em Brasília, assinou o Informe JB de 2007 a 2011. Foi colunista do JB e da Gazeta. Foi repórter e apresentador dos programas "Frente a Frente" e "Tribuna Independente" na REDEVIDA de Televisão entre 2009 e 2014. Lançou em junho de 2014 a Esplanada WebTV, programa de entrevistas com formato para internet. A Coluna Esplanada estreou em Dezembro de 2011, reproduzida em jornais de 24 capitais. É autor dos livros de crônicas "O espelho da vida" (1999) e "Corra que a política vem aí" (2010).

Comentários (1)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *