Rombo na Previdência

Os regimes de previdência (Geral, dos Servidores Públicos e Pensões de Militares) terá saldo negativo de mais de R$ 288 bilhões em 2019. A previsão consta no parecer preliminar da Lei Orçamentária relatada pelo senador Dalírio Beber (PSDB-SC). No texto, o senador aponta as renúncias tributárias como um dos motivos para a estimativa do rombo previdenciário. Serão mais de R$ 303 bilhões que deixarão de ser arrecadados ano que vem por conta de incentivos como o Simples Nacional.

Mistério no MP

O MP do Rio denunciou os administradores da Refinaria de Manguinhos de 2015 e 2017 por suposto não recolhimento integral de ICMS desse período.

Cadê?

Questionada, a Refinaria informou desconhece a existência do processo, mas sendo intimida esclarecerá os fatos narrados na denúncia.

PT na oração

Ciro Gomes (PDT) afirma “descartar” apenas o MDB do presidente Temer e diz que “acende uma vela” todos os dias para fechar coligação com o PSB.

1 mi x 1 bi

Dois braços de um mesmo setor estão em pé de guerra. Os lobistas para a legalização dos bingos (a grande maioria de brasileiros) não aceitam só a aprovação dos cassinos na legislação – projeto que ganha força na Lei Geral do Turismo. O investimento na abertura de um bingo pequeno custa por volta de R$ 1 milhão. O cassino-resort não sai por menos de R$ 1 bilhão – que virão pelas mãos de americanos, espanhóis e chineses.

Tá anotado..

O pré-candidato ao Planalto Ciro Gomes (PDT) diz que, se eleito, irá corrigir a tabela do Imposto de Renda nos seis primeiros meses: “A redistribuição de alíquotas é muito injusta; cobra muito mais de quem pode pagar menos e muito menos de quem pode pagar mais”. A defasagem da correção da tabela, já mostrou a Coluna, chega a 95%.

Fortuna$

Inexpressivo nas pesquisas para o Planalto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), se diz contrário à taxação de grandes fortunas. “Outros países já implementaram isso e recuaram. Não sou a favor porque nós vamos perder brasileiros com renda para outros países”.

Renda

O democrata, por outro lado, defende taxar mais a renda e menos o consumo, reduzir as alíquotas das pessoas jurídicas e reorganizar o sistema tributário. “Porque hoje, com o mundo globalizado, quando se tributa demais de um lado perdem-se os pagadores”.

Ecos da pista

Representantes da indústria pressionam o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, para tentar derrubar a Tabela de Preços Mínimos de Frete editada pela A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Buzina de alerta

O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, Cezar Müller, afirma que o setor está “na iminência de paralisar a produção” pois, segundo ele, “além dos valores exorbitantes, o tabelamento é uma desastrosa intervenção na economia do País”.

Espólio

Com pesquisa interna e não divulgada, o PT tem a certeza de que a vereadora Marília Arraes, prima do falecido Eduardo Campos, passa o governador Paulo Câmara (num cenário para o Senado) e empata com Armando Neto na disputa para a Casa Alta.

Frevo tenso

O resultado deixou o senador Humberto Costa em alerta, pois já espera uma vaga na chapa majoritária do governador, e Paulo Câmara – que tentará a reeleição para o Governo, já escolheu Jarbas Vasconcelos como um de seus candidatos ao Senado.

Despesas mensais

A bancada tucana está de mal com o Governo há meses. Apenas um eco: o deputado Bentinho Gomes (PE) diz que o Palácio deveria “cortar na própria carne” em vez de jogar “no colo do contribuinte” as despesas para bancar o acordo com os caminhoneiros.

Sustentabilidade

A White Martins implementou sistema de reaproveitamento hídrico e reduziu em 12,2% o consumo de água. Nos últimos 12 meses, alcançou economia de 380,3 milhões de litros em 11 fábricas monitoradas.

(395Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *