Mineirices

A reviravolta em Minas Gerais com a retirada da candidatura de Rodrigo Pacheco (DEM) ao Governo, agora candidato ao Senado para apoiar Antonio Anastasia (PSDB) ao Palácio, contou com articulações de Aécio Neves, Rodrigo Maia, ACM Neto e do presidenciável Geraldo Alckmin. A turma está tão animada com a coalizão que dá respaldo ao ex-governador paulista que já inspira cenários palacianos para 2019: Eleito ou não senador, o advogado Pacheco é o cotado para ministro da Justiça se Alckmin vencer a eleição. Foi a condição do DEM para abrir mão da disputa no Estado. No pior dos cenários para Pacheco, ele vira secretário de Anastasia, se o tucano se eleger.

Artimanhas

Mas, principalmente, é o poder de Aécio e Maia apadrinhando um eventual futuro ministro que comandará a Polícia Federal, a mesma que investiga o tucano na Lava Jato.

Vice é.. vice

Não é a busca do voto feminino ou equidade de gênero na chapa. A escolha das vices de Geraldo Alckmin (Ana Amélia) e Ciro Gomes (Kátia Abreu) foi falta de opção mesmo.

Clube do bilhão

O TCU decide hoje (processo 10.213/2018-0) se avança no requerimento do Congresso Nacional, que quer acesso ao valor arrecadado pelo Sistema S em 2017. São bilhões..

Suplentes

O decano Francisco Dornelles (PP), ex-deputado, ex-senador, ex-ministro e ex-quase tudo no Poder desde que Brasília surgiu, ainda dá cartas no jogo. O hoje vice-governador indicou os dois suplentes dos candidatos ao Senado na chapa de Eduardo Paes (DEM) ao Governo do Rio de Janeiro.

Os escolhidos

Para a suplência de Cesar Maia (DEM), a indicada pelo PP é Alice Tamborindeguy.  O empresário Marcos Magalhães (PP), filho do ex-deputado estadual Mauro Magalhães, será o suplente de Aspásia Camargo (PSDB). 

Olho neles

Aliás, em tempos em que vices emergem subitamente ao Poder, vale ficar atento aos suplentes, que tradicionalmente têm mais chances de ocupar uma vaga no Congresso.

Que é isso?

Uma juíza de primeira instância do Espírito Santo, acolhendo ação do ex-governador Renato Casagrande (PSB), determinou a retirada do ar de seis sites de notícias que publicaram notícias citando o político. Sem notificação ou direito de defesa prévia.

Lupa virtual

Por falar em internet, o TCU está de olho nos portais do Governo e de estatais. Fiscaliza cada um deles para saber se têm canais para a Lei de Acesso à Informação.

Sindicalistas

A Central dos Sindicatos Brasileiros tem novo chefe. José Avelino, do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba, ocupou o lugar de Antonio Neto (PDT), que disputará o Senado

Outra do Chico

Após cantar no Festival Lula Livre na Lapa do Rio, Chico Buarque voou para Curitiba onde fez show de sua nova turnê no fim de semana no Teatro Guaíra. No término, plateia pediu bis. Ele voltaria, mas ao ouvir um grito “Lula Livre”, ele topou na hora: “Se é Lula Livre, eu volto”. Cantou.. Geni e o Zepelim.

Coro

Aliás, havia do contra também. Teve gente na plateia que vibrou no trecho “é rainha dos detentos” e “joga pedra na Geni”. Lula estava na cela-quartinho na sede da PF a 8 km dali.

Seguuura, peão

De hoje até o fim do grande evento, fiscais do Ministério do Trabalho vão circular pelo parque do Peão de Barretos. Ontem já autuaram empregadores por más condições de trabalho em montagem de estruturas. Há mais casos em investigação.

Diabetes

O Brasil gasta mais de R$ 200 bilhões com a diabetes, doença que acomete grande fatia da população. O dado foi publicado pelo King´s College, da Inglaterra – afirma ainda que, até 2030, isso deve chegar a R$ 406 bilhões. Representantes dos maiores laboratórios se reuniram ontem com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, para discutir soluções para a sociedade.

(396Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *