Categoria Esplanada

Pitos palacianos

Visivelmente irritado com os desdobramentos da greve dos caminhoneiros, o ministro da Casa Civil do Palácio do Planalto, Eliseu Padilha, confidenciou a próximos que atos e entrevistas de colegas do Governo têm agravado mais a crise. Um deles, Eduardo Guardia, da Fazenda, que cogitou o aumento de impostos, atropelou o Palácio. Foi obrigado a desmentir. A portas fechadas, outro contrariado foi o general ... leia mais

Justiça para Dilma

É preciso reconhecer que a mulher mais mal falada da nação brasileira, abandonada pelo mentor, pouco defendida pelo próprio partido e com a cara na vitrine apanhando diariamente, mas firme no posto, tem ‘culhão’ – com o respeito da licença poética. Fato é que a presidente da República, diante de todos os defeitos expostos como gestora, e pela equipe incompetente em parte da Esplanada, tem seu mérito ... leia mais

Serra vai lucrar com Lei Antifumo

Uma coincidência num pequeno intervalo de tempo vai favorecer a estreia de José Serra (PSDB-SP) como senador – foi eleito em 1994 mas não assumiu. Entra em vigor depois de amanhã a lei federal antifumo, que restringe, e muito, a vida dos fumantes em locais públicos. A lei extingue os ‘fumódromos’ até em locais abertos, proíbe de vez as propagandas dos cigarros, charutos, narguilés etc, e passa a ... leia mais

Chineses exigem que Dilma drible a lei em obra do PAC

A usina de Belo Monte, no Pará, deve inaugurar as três primeiras turbinas daqui um ano, mas outra obra do PAC tão importante está emperrada: as linhas de transmissão do Norte para o Sudeste. Sem elas não adianta gerar energia. O consórcio vencedor do leilão das linhas, liderado pela estatal chinesa State Grid Brazil Holding (com Eletronorte e Furnas), não ergueu um poste ainda no trajeto. Nos ... leia mais

Ex-diretor da Petrobras mandou recado para governo antes de delação

Antes da delação premiada, o ex-diretor da Petrobras preso Paulo Roberto Costa mandou um recado velado para a cúpula do governo, por emissários: que deixassem suas filhas em paz e não mexessem com sua família. Assim, prometeu ficar calado, porque, segundo relatou, muita gente poderosa de vários partidos seria prejudicada nas eleições. Com a segunda fase da operação Lava Jato há dias, a PF e o MP ... leia mais

Servidores do DNIT serão fiscais da ANTT

As recentes concessões de rodovias federais causaram o primeiro efeito colateral administrativo no governo, e na contramão de cargos o risco de um choque de categorias. Um reboliço tomou os corredores da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que espera chamamento de mais concursados e reivindica mais concursos. Com a concessão das rodovias, muitos setores ficaram ociosos no Departamento ... leia mais

Força-tarefa para Rio 2016 custará R$ 4 milhões por ano

Passada a Copa da FIFA, o governo federal mira suas preocupações agora para o grande atraso das obras para os Jogos Olímpicos do Rio em 2016 – tanto atraso que fez o Comitê Olímpico Internacional pela primeira vez instalar um gabinete de monitoramento num país sede. Mas na maratona contra o tempo, conota-se que o Palácio do Planalto resolveu criar a modalidade $alto sem Obstáculos: a presidente Dilma ... leia mais

Boato sobre Bolsa Família é desafio para Campos e Aécio

Com 15 dias nas ruas, as equipes dos presidenciáveis Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) já constataram que é real e estratégico o boato, patrocinado por opositores, de que vão extinguir benefícios sociais se um deles vencer a eleição. Há indicativos de que o terrorismo eleitoral é promovido por petistas e militantes de partidos da base nos rincões do País e favelas de capitais. No primeiro ... leia mais

Felipão e Marin escapam de convocação no Congresso

A diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o ex-técnico Luiz Felipe Scolari escapam, por ora, de uma dor de cabeça político-institucional. Por muito pouco, parlamentares insatisfeitos não conseguem brecha para convocar Felipão e José Maria Marin, presidente da CBF, ao Congresso para prestarem esclarecimentos sobre o fiasco na Copa. É que antes da aprovação da Lei Geral da Copa, houve ... leia mais

Sete disputam a vaga de Joaquim Barbosa no STF

Pelo menos sete nomes disputam com chances a vaga do ministro Joaquim Barbosa, que deixa o Supremo Tribunal Federal (STF): quatro são do Superior Tribunal de Justiça (STJ), um é professor da Universidade de São Paulo (USP) e outros dois ministros do governo Dilma. Do STJ, Benedito Gonçalves, Herman Benjamin, Maria Thereza Assis de Moura e Luiz Felipe Salomão. Da USP, o professor e tributarista Heleno ... leia mais