Categoria Geral

  • Geral

Sempre do contra

O ex-presidente Lula da Silva, condenado na Lava Jato, segue fazendo política de dentro da cadeia. Será dele a mensagem oficial das centrais sindicais contra a reforma da Previdência do Governo de Jair Bolsonaro. A carta será lida na próxima sexta, no lançamento da campanha nacional ‘a favor da Previdência Social’. Estão programados atos públicos em São Paulo, Brasília, Rio, Belo Horizonte e outras ... leia mais
  • Geral

O susto do vice

Inveterado praticante de esportes, o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, passou um susto há dias e deixou os seguranças do Palácio do Jaburu apavorados. Fã de remo, ele conseguiu um barco para praticar braçadas no laguinho dos jardins do Palácio, mas um dia se desequilibrou, o barco virou e ele quase se afogou. No remo, é regra o praticante prender os pés em velcro no finca-pé, no ... leia mais
  • Geral

Vai para o Tesouro

O plenário do Supremo Tribunal Federal tende a entregar para o Tesouro os R$ 2,5 bilhões da conta que a força-tarefa do Ministério Público da operação Lava Jato quer abrir na Caixa – conforme citamos. Em decisão liminar (ADPF 568 e na RCL 33667), o relator ministro Alexandre de Morais atendeu ao pedido da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, para anular o trato. O dinheiro é parte do valor ... leia mais
  • Geral

Caixa vai lucrar com conta do MP

Se vingar o projeto da força-tarefa do Ministério Público na Lava Jato de abocanhar os R$ 2,5 bilhões do acordo de leniência da Petrobras com acionistas americanos, a Caixa – onde a conta pode ser aberta, em juízo – vai lucrar R$ 150 mil por ano apenas com taxas de administração. São inacreditáveis R$ 12.500 por mês de desconto do saldo, conforme carta da DIJUR – Diretoria Jurídica do banco à qual a ... leia mais
  • Geral

FBI vem aí

Arthur Cesar de Menezes, o “Rei Arthur”, que teve contratos bilionários com os últimos governos do Rio de Janeiro, e segue foragido da Justiça desde 2017, tem aparecido tranquilo por restaurantes de Miami Beach, onde reside, contam fontes da Coluna. O que se diz em terra yankee é que o FBI – como citamos – já teria pego Arthur antes da Polícia Federal. Pode vir aí uma grande ... leia mais
  • Geral

Posse de armas

Após a tragédia na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, senadores que integram a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) intensificaram as críticas ao Decreto 9.685/2019, editado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que facilita o acesso a armas de fogo. Humberto Costa (PT-PE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Fabiano Contarato (Rede-ES) e Rogério Carvalho (PT-SE) defendem urgência na ... leia mais
  • Geral

Carta branca 

Em meio à articulação para consolidar a base aliada e tentar agilizar a tramitação da Reforma da Previdência, o Palácio do Planalto remeteu ao Congresso Nacional um Projeto de Lei para flexibilizar o Orçamento e dar ao ministro da Economia, Paulo Guedes, carta branca para remanejar e transferir recursos públicos. O texto do projeto foi finalizado em fevereiro, chegou ao Congresso na segunda-feira, 11, ... leia mais
  • Geral

MP gosta de cofre cheio

Essa tunga elegante que o Ministério Público da força-tarefa da Lava Jato criou para ganhar a conta de R$ 2,5 bilhões do rescaldo do acordo da Petrobras com acionistas americanos tem precedente. No fim dos anos 90, o MP do Paraná – sede da Lava Jato – moveu poderes para criar fundo especial amparado por lei e abocanha, desde então, os valores excedentes do duodécimo garantido pela Constituição. O ... leia mais
  • Geral

Demarcações de terras indígenas pode voltar para o Ministério da Justiça

Direitos indígenas Além de ser apontada como inconstitucional pela Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público, a Medida Provisória 870/19, a primeira assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), deverá passar por mudanças durante a discussão no Congresso Nacional. Na última quinta-feira, o Ministério Público divulgou nota técnica em que defende o retorno das ... leia mais
  • Geral

Fritura no laranjal

Quem circula pelo Palácio do Planalto conta os dias para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, ser pressionado a pedir demissão. O sumo suspeito do laranjal que cresce no pomar eleitoral de 2018 respinga e está manchando a camisa do presidente Jair Bolsonaro a cada dia mais. O indicativo da saída será eventual convocação do ministro para se explicar em comissão do Congresso Nacional, caso a base, ... leia mais