• Geral

Peso da toga

Os ministros do Supremo Tribunal Federal estão sob alta pressão para votar a Ação Direta de Constitucionalidade (ADC) nº 43 que pede o acolhimento do que diz a Carta Magna: prisão de condenado somente esgotados os recursos até a última instância. Começa a pesar na toga a ‘jaboticaba’ plantada pelo STF com o clamor popular – e válido – contra o sentimento de impunidade, ao determinar a prisão imediata ... leia mais
  • Geral

A confusão da ADC

Militantes do Patriota pressionam o presidente Adilson Barroso a destituir esta semana o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, na defesa da Direta de Constitucionalidade (ADC) nº 43 que pode ir a plenário do STF. A ação pede o reconhecimento da Constituição, que prevê a prisão após análise em última instância judicial. Parte do grupo acusa Kakay de usar a ADC para tentar livrar Lula da ... leia mais
  • Geral

Corrida à OEA

Deputados do PT e juristas alinhados com a oposição preparam a minuta do texto da petição-denúncia que será apresentada nos próximos dias à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos. A alegação será a de que Lula foi condenado “sem provas”. A medida é estratégia do PT e do ex-presidente de internacionalizar sua ruína. Há dois anos, parlamentares petistas bateram ... leia mais
  • Geral

Dias de agonia

O ex-presidente Lula da Silva pode ficar preso por pouco tempo. A pressão é grande – interna e externamente – em cima da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, para colocar em pauta a ADC 43, de relatoria do ministro Marco Aurélio, que restabelece a prisão só em última instância, seguindo a Constituição. Lula está nas mãos de Cármen. Se ela ceder, a Corte tem maioria em plenário para acolher a ADC ... leia mais
  • Geral

O B de baiano

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner, amigo próximo e plano B de Lula da Silva quando lançou Dilma Rousseff, é ainda o nome do ex-presidente para ser lançado ao Palácio do Planalto. Mas aos holofotes, para preservar Lula, o discurso é outro. O ex-ministro da Previdência, Trabalho e das Comunicações e dirigente do PT Ricardo Berzoini desconversa. À Coluna, diz que o PT não fala em alternativa em caso ... leia mais
  • Geral

Diagnóstico

Dois fatores contribuíram para o fracasso do Plano Nacional de Segurança Pública (PNSP) lançado em 2017 pelo então ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, hoje ministro do STF: contingenciamento de recursos e a troca de comando em muitos ministérios – inclusive no da Justiça, que provocou “descontinuidade da política de segurança”. O Plano foi alvo de auditorias do Tribunal de Contas da União. Cadê ... leia mais
  • Geral

PM barra vigília do PT

A inteligência do Governo do Distrito Federal teve acesso a um áudio distribuído aos militantes do PT pelo ex-ministro Gilberto Carvalho – ao qual a Coluna teve acesso – e barrou uma vigília em que esperavam 20 mil pessoas pró-Lula, de hoje para amanhã, em frente ao Supremo Tribunal Federal, onde será julgado nesta quarta-feira o mérito do habeas corpus pedido pelo ex-presidente. “Precisamos reagir a ... leia mais
  • Geral

Pró-Lula, pró-Ficha

Nas entranhas dos Poderes, o acordo é livrar Lula da Silva da prisão na quarta-feira, no habeas corpus cujo mérito será julgado pelo plenário do Supremo Tribunal Federal. Mas há um preço: ele não deve ter liminar no Tribunal Superior Eleitoral para disputar a eleição. Em suma: sai o HC, mas não cai a Ficha Limpa. Com a condenação confirmada pelo TRF 4 em 2ª instância, Lula está fora das urnas. Porém, ... leia mais
  • Geral

Caminho aberto

O contingente de fiscais da Receita Federal será reduzido pela metade no período noturno nos portos, aeroportos e pontos de fronteira a partir de hoje. Portaria do órgão (RFB nº 310/18) estabeleceu alteração do plantão de 24 x 72 horas, adotado há décadas, pelo de 12 x 36 horas. Um dos motivos para a adoção da medida, conforme a Receita, é a redução de despesas com adicional noturno. Não bastasse.. ... leia mais
  • Geral

Água$ de março

O badalado 8º Fórum Mundial da Água, realizado em Brasília, custou mais R$ 100 milhões aos cofres públicos. Em meio à política de austeridade propalada pelo Governo, a Agência Nacional das Águas liberou mais de R$ 22 milhões para o evento. De acordo com o balanço de despesas do Conselho Mundial da Água, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF destinou R$ 30 milhões para o 8º ... leia mais