• Geral

Blindagem eleitoral

Em ano de eleição e com quase metade dos deputados enredados em processos na Justiça, a Câmara Federal não tem pressa em analisar a proposta que acaba com o foro privilegiado aprovada em maio de 2017 pelo Senado. Em dezembro, o presidente da Casa, Rodrigo Maia – agora pré-candidato ao Planalto pelo DEM – anunciou a criação de uma comissão especial para analisar a matéria. Parou por aí. O colegiado só ... leia mais
  • Geral

35 vereadores mortos

A conta inacreditável é do presidente da União dos Vereadores do Brasil (UVB), Gilson Conzatti: com a morte de Marielle, são 35 os vereadores assassinados nos últimos dois anos no País. “É o clima irresponsável de demonização e intolerância com as atividades políticas”, argumenta, indicando motivações ideológicas e partidárias nas execuções. A UVB e o Fórum Nacional da Mulher Vereadora exigem o ... leia mais
  • Geral

Contagem regressiva

Parlamentares e dirigentes do PT se mostram desesperados pelo julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula da Silva no Supremo Tribunal Federal. Corre nos bastidores da toga no Rio Grande do Sul informação de que o TRF 4 vai analisar os últimos recursos (embargos de declaração) do ex-presidente já na próxima semana ou entre os dias 26 e 28 de março. Lula pode ser preso até dia 30. Seu principal ... leia mais
  • Geral

Partilha eleitoreira

O afago do presidente Michel Temer a prefeitos em ano de eleição nacional não ficou só na promessa. Em tempos de crise na Segurança Pública em capitais e missões demandadas do Exército, ele decidiu tirar R$ 2 bilhões de dotações de emendas parlamentares para o Ministério da Defesa, da Educação e da Saúde para incrementar o Fundo de Participação dos Municípios. O cancelamento foi publicado no Diário ... leia mais
  • Geral

Troco

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, hoje no PSD, é a cada dia mais candidato ao Palácio do Planalto. Caciques do MDB consultam líderes políticos e empresários sobre seu nome, conforme citou a Coluna há dias, mas agora ficou latente esse movimento de levá-lo ao partido do presidente Michel Temer – este, tem rechaçado a ideia de reeleição. Se Meirelles topar, ele será o candidato do Governo, e pelo ... leia mais
  • Geral

Cerco à pirataria

Empresários e associações de classe do Brasil, Argentina e Chile preparam um cerco político contra a pirataria e contrabando. Eles se reúnem em Foz do Iguaçu em abril para debater e pressionar o governo do presidente Horácio Cartes, do Paraguai, a contribuir para acabar com o contrabando de produtos, armas e drogas que vem de seu país e invadem os países vizinhos. Armas, drogas e 48% dos cigarros ... leia mais
  • Geral

Abusos (dos políticos)

Deputados da oposição e base governista pretendem aproveitar a agenda de segurança pública para desenterrar o projeto que define os crimes de abuso de autoridade cometidos por servidores públicos e membros dos três poderes, do Ministério Público, dos tribunais e das Forças Armadas. Aprovada sob polêmica pelo Senado, a proposta chegou à Câmara em junho de 2017 e aguarda instalação de comissão especial. ... leia mais
  • Geral

Frente do contra

Começou uma resistência oficial, com clara conotação política, à presença dos militares no comando da Segurança Pública do Rio, ainda sem revelar qual a intenção. Na terça-feira, será lançada na UERJ a ‘Frente Contra a Intervenção Militar Federal no Estado do Rio de Janeiro’. No folheto distribuído, informa que é composta por sindicatos variados (ligados a partidos) – inclusive de professores – ... leia mais
  • Geral

Rabello balança

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, está fritando no cargo. Ele é o nome do PSC para disputar o Planalto e se queimou com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira – seu superior direto – após fazer críticas ao presidente Michel Temer. Foi na Marcha dos Prefeitos em Cuiabá, na quarta-feira. Rabello deu uma estocada em Temer: “Vamos desembolsar R$ 90 bilhões (em investimentos) e R$ 130 ... leia mais
  • Geral

Deu zero

A coça que o setor de jogos levou na Comissão de Constituição e Justiça do Senado – 13 a 2 contra o PLS 186/14 da legalização de bingos, cassinos e bicho – pegou o Governo de surpresa, que espera a reabertura de casas para arrecadar até R$ 18 bilhões por ano (além da geração de 400 mil empregos). A aposta em gabinetes é: ou o assunto morre de vez no País, ou o resultado de ontem é a grande jogada para ... leia mais