• Geral

BNDES financia jatinho a ‘juro ultraleve’, mas demanda cai

Mesmo na crise econômica no País o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é procurado por empresários para financiamento de jatinho executivo, um luxo bancado a juro camarada. Mas a turma caiu na real e a demanda, idem. Segundo o BNDES, foram desembolsados R$ 29,3 milhões para apenas três compras em 2015. Em 2014, os empresários eram mais animados: 24 deles pegaram no bancão R$ ... leia mais
  • Geral

O celular de Baiano

Dia 24 de setembro do ano passado, dez dias após assinar a delação premiada, o lobista Fernando Baiano entregou um “Iphone 3, 16GB, preto” para a força-tarefa da operação Lava Jato, consta registro de Apenso na Procuradoria Geral da República. É peça-chave da investigação, com mensagens comprometedoras. A Polícia Federal tem tecnologia para rastrear o WhatsApp, mas ainda não há como desbloquear o ... leia mais
  • Geral

Wagner blindado

Em meio ao recesso parlamentar os principais líderes governistas receberam telefonemas do Palácio do Planalto, a mando da presidente Dilma, com missão de blindar o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, de convocações na CPI dos Fundos de Pensão. Também foram orientados a ficarem vigilantes em outras comissões para evitar manobras-surpresa da oposição. Dilma não quer perder outro ministro denunciado ... leia mais
  • Geral

A fatura de Renan

Começou a aparecer a fatura paga do apoio do presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), à presidente Dilma. O Planalto despejou dinheiro no caixa do Governo de Alagoas, comandado por Renan Filho. leia mais
  • Geral

A vez dos juristas

O ano começará com protagonismo dos juristas sobre o andamento ou não do processo de impeachment da presidente Dilma. Para a oposição e o presidente da Casa, Eduardo Cunha, o pagamento de R$ 72 bilhões das pedaladas de 2014 (motivo da denúncia) não inibe o trâmite. Congressistas da base espalham que o processo se enterrou. A denúncia cita empréstimos de bancos oficiais ao Palácio para pagar contas e ... leia mais
  • Geral

Governo sabe das operações da PF

Investigadores indicam balela do Governo e do ministro da Justiça quando repetem que ele não sabe antecipadamente das operações da Polícia Federal. Tem ciência previamente, pelo menos de quando serão e onde serão. Só os alvos são avisados na hora, pelo diretor-geral. Pelo Decreto 7.689, Artigo 7º, apenas o ministro deve autorizar os custos com deslocamentos em operações com mais de 10 agentes. Há um ... leia mais
  • Geral

Os vices de Lula

Com o enfraquecimento do Governo Dilma, a despeito do fôlego contra o impeachment e a má avaliação dos políticos conhecidos, Lula é candidatíssimo a presidente em 2018. O desafio é escolher o vice. Grãos petistas indicam que ele trabalha dois cenários. O ex-BC Henrique Meirelles traz investidores estrangeiros e acalma o mercado. Sérgio Cabral seria a saída política, caso seja alçado a presidente do ... leia mais
  • Geral

Janot x Cunha

A comunidade jurídica se pergunta o porquê da demora do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em apresentar ação cautelar para afastar do cargo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Um fato sigiloso: até agora a PF e a PGR não conseguiram associar o dinheiro de Cunha na Suíça à corrupção do esquema da Petrobras. Há um grupo de trabalho especial para o caso do deputado. “Devem tomar ... leia mais
  • Geral

Obama de olho no Brasil

Reports da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília para a Casa Branca apontam instabilidade no Governo nunca vista desde o impeachment Fernando Collor. Desta vez com agravante: dois dos três principais protagonistas do País: a presidente da República, Dilma Rousseff, e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, sob risco de perderem seus mandatos. Não por acaso, há uma semana o maior porta-aviões dos EUA ... leia mais
  • Geral

Levy e Barbosa apelam a Renan por pauta do Governo

Com a prisão do líder do Governo, senador Delcídio Amaral (PT-MS), a presidente Dilma agiu rápido. Os ministros da Fazenda e Planejamento, Joaquim Levy e Nelson Barbosa, telefonaram para o presidente do Senado, Renan Calheiros, e fizeram um apelo: ‘a pauta não pode parar’. A preocupação é latente. O Congresso Nacional tem só mais seis sessões para encerrar o ano legislativo. É preciso aprovar com ... leia mais