| 3/6/2011 às 11h52 - Atualizado em 3/6/2011 às 18h44

Prefeito e vice são afastados e presidente da Câmara assume a Prefeitura de Fundão

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução TV Vitória
O prefeito do município de Fundão, Fernando Moraes, do PDT, e o vice, Ademir Loureiro de Almeida, do PSC, foram afastados de seus cargos na manhã desta sexta-feira (03). Todos os serviços da prefeitura foram suspensos e a previsão é de que durante a tarde o presidente da Câmara dos Vereadores, Anderson Pedroni, assuma a prefeitura.

O afastamento foi solicitado pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES) na última sexta-feira (27). Eles são suspeitos de participação em uma esquema de fraude em licitações que funcionava dentro da prefeitura do município.

Leia Mais:
* Vereadores decidem abrir CPI para investigar fraude na prefeitura de Fundão
* Vereadores de Fundão criam CPI para investigar denúncias de desvio de verbas
* Pedido afastamento de prefeito e vice-prefeito de Fundão suspeitos de fraude
* Secretários da prefeitura de Fundão são presos e prefeito pode ser afastado por suspeita de desvio de verbas

As irregularidades foram descobertas durante a operação Tsunami realizada pela Polícia Civil, Polícia Militar, Grupo Especial de Trabalho Investigativo (Geti) e Promotoria de Justiça de Ibiraçu.

Na última semana, 12 pessoas foram presas, entre elas seis secretários municipais, dois vereadores, empresários e funcionários públicos. Computadores e documentos também foram apreendidos pela polícia.

As fraudes apontadas pelo Ministério Público envolvem contratação de veículos, compras de medicamentos, pagamentos superfaturados de festas e contratação sem licitação. As investigações também incluem desvio dos recursos dos royalties do petróleo recebidos pelo município.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014