31/8/2011 às 18h1 - Atualizado em 31/8/2011 às 19h39

Câmara de Fundão decide arquivar pedido de afastamento de prefeito

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução TV Vitória
Por cinco votos a quatro, a Câmara de Vereadores de Fundão decidiu, na tarde desta quarta-feira (31), em sessão extraordinária, arquivar o pedido de afastamento do prefeito Marcos Moraes, o Marquinhos (PDT), denunciado por irregularidades pelo Ministério Público durante operação Tsunami.

Para ser afastado, eram necessários pelo menos seis votos contrários ao prefeito. Segundo o relator do pedido de abertura da Comissão Processante para Investigação, vereador Carlos Augusto Pimentel (PRB), a sessão foi tumultuada, mas não houve grandes transtornos.

“Foi uma vergonha. Pessoas que foram eleitas com o objetivo de legislar e não estão cumprindo com o compromisso que fizeram juramento ao assumir o mandato”, desabafou.

Votaram pelo arquivamento do afastamento os vereadores André Luiz Rangel (PSC), Luiz Carlos Scaquetti (PDT), Stéfano Henrique Broseghini (PDT) e Eloizio Tadeu Rodrigues Fraga (PRB).

Entre as irregularidades que estão sendo investigadas pelo MPES estão a contratação irregular de veículos pela prefeitura; fraudes na compra de medicamentos, com licitações manipuladas; e pagamentos superfaturados de festas do município; além da contratação emergencial de empresa de coleta de lixo, em que eram utilizados diversos expedientes fraudulentos para evitar o processo licitatório.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014