21/12/2011 às 8h18 - Atualizado em 21/12/2011 às 8h18

Câmaras de Vitória e Cariacica lideram ranking de reprovação dos capixabas

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Divulgação
As inúmeras tentativas dos vereadores da Grande Vitória de aumentarem os seus próprios salários, como também do número de parlamentares das Câmaras Municipais para a próxima legislatura, repercutiram muito mal entre os eleitores destas cidades.

Pesquisa encomendada pela Transparência Capixaba ao Instituto Flexconsult revela que a Câmara Municipal de Vitória é recordista em reprovação, com 79,59% das intenções de ruim e péssimo dos entrevistados. Vale destacar que nenhum eleitor opinou pela aprovação dos trabalhos parlamentares na capital capixaba.

A segunda Câmara da Grande Vitória com pior desempenho foi a de Cariacica, com a reprovação de 51,06% dos consultados. Em seguida estão os vereadores de Vila Velha, com 38,18% dos votos ruim e péssimo e da Serra, reprovados por 36,73% dos entrevistados.

Nesta consulta, os eleitores se manifestam claramente contrários ao aumento dos gastos nas Câmaras Municipais: na média, 85% dos entrevistados são contrários aos aumentos. Em Cariacica, o percentual de rejeição é o maior da Grande Vitória, com 91,49% dos votos contrários ao aumento.

Nas cidades de Vitória e Vila Velha a percepção dos entrevistados segue praticamente empatada: 89,80% e 89,09% , respectivamente, decidiram reprovar a conduta dos parlamentares em seus municípios. Um outro fato que  chama a atenção dos pesquisadores é que somente na Serra há um percentual, mesmo que mínimo, de aprovação dos vereadores por parte dos eleitores daquela cidade: 2,04%. Nas demais cidades, ninguém se posicionou a favor do aumento dos gastos.

A pesquisa tem intervalo de confiança de 95% e margem de erro em torno de 3,5% para o total e 6,9% para cada município, com plano de amostragem baseado nos dados do TSE 2010 e Instituto Jones dos Santos Neves.

Foram realizadas 800 entrevistas na Grande Vitória e cerca de 200 entrevistas por município, com os trabalhos coordenados pelo cientista político Fernando Pignaton, entre os dias 10 e 15 de dezembro. Veja arquivo anexo.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014