21/12/2011 às 9h27 - Atualizado em 21/12/2011 às 9h32

Desempenho da Assembleia Legislativa é regular para quase 40% da população

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Bruno Coelho
O desempenho da Assembleia Legislativa foi avaliado durante uma pesquisa realizada pelo Instituto FlexConsult e divulgada em parceria com a Rede Vitória. O levantamento revela que apenas 20,8% da população consideram o trabalho da Casa como ótimo e bom.

Ainda segundo o instituto, 37,20% dos entrevistados disseram que o trabalho é regular enquanto 17,8% responderam que é ruim e péssimo. O índice dos que não souberam ou não responderam representa 24,20%.

Leia Mais:
* Casagrande encerra o ano com mais de 52% de aprovação dos capixabas
* Pesquisa revela que Dilma tem 41,6% da aprovação dos capixabas

O levantamento realizado com a coordenação do cientista político Fernando Pignaton aponta ainda o otimismo da população capixaba sobre os trabalhos da Assembleia para 2012, ano em que acontecem as eleições municipais.

O resultado mostrou que a confiança da população subiu, mas não teve grande elevação. Do total de entrevistados, 21,6% disseram que vai ser bom e ótimo; 34% regular; Ruim 8,8%; péssimo 8,2%. O percentual dos que não souberam ou não responderam é de 27,4%.

A pesquisa quis saber ainda se a Assembleia contribui com a governabilidade da gestão do governador Renato Casagrande. Os resultados mostram que 47,4% não souberam responder; 12,8% responderam que não; 23,8% disseram que contribui em parte e 16% afirmaram a Casa contribui sim para a governabilidade.

Perguntados como tem sido a posição do Legislativo em relação ao Governo do Estado, 8,8% dos entrevistados afirmaram que é sempre de apoio; 12,8% quase sempre de apoio; 15,4% ora de apoio ora de oposição; 2,4% de oposição; 4,8% sempre de oposição e, mais uma vez, o número dos que não sabem ou não responderam é grande. Somou 55,8% da população.

O instituto quis saber ainda qual dos deputados estaduais apresentam o melhor desempenho no mandato. Apenas quatro deles apareceram com índice superior ao da margem de erro, que é de 4,3%. São eles: Theodorico Ferraço (7,8%), Rodney Miranda (6%), Dr. Hércules (4,8%) e Da Vitória (4,6%). Para conferir o desempenho dos demais parlamentares Clique aqui. Dois deputados não foram citados pelos entrevisados.

Para o cientista político Fernando Pignaton, diante dos resultados obtidos com a pesquisa, o que se percebe é que o papel da Assembleia está sendo irrelevante para a sociedade capixaba, comprovado quando se analisa o fato de grande parte dos entrevistados não saberem, por exemplo, sobre a governabilidade da Casa.

“É preocupante que 55% dos entrevistados não saibam se pronunciar se os deputados são de oposição ou não. É uma Assembleia que está abrindo mão de desenvolver seu papel no desenvolvimento político do Estado”.

A maneira de reverter esse quadro, segundo apontou Pignaton, é o Legislativo voltar a exercer seu papel ativo na discussão de projeto que vem do Executivo. “Existe uma falta de criação de espaço político. É preciso que a Assembleia seja um caixa de diálogo com a sociedade. A partir daí vai conseguir melhorar seu desempenho”.

Foto: Folha Vitória

Foto: Folha Vitória

Foto: Folha Vitória

Foto: Folha Vitória

 

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014