Quase 50 servidores são exonerados da Assembleia Legislativa do Espírito Santo

Os servidores de cargo comissionado que foram exonerados nesta quinta-feira (16) faziam parte de um grupo de 300 servidores que atua no atendimento geral da casa

 Versão para impressão  
O prazo para a nomeação dos outros 46 servidores ainda é indefinido
O prazo para a nomeação dos outros 46 servidores ainda é indefinido
Foto: Folha Vitória

Os 47 servidores comissionados que exerciam cargo de confiança na Assembleia Legislativa do Espírito Santo foram exonerados nesta quinta-feira (16). Os servidores não atuavam nos gabinetes dos deputados, mas diretamente na assembleia. A troca da mesa diretora no último dia 1º de fevereiro pode ter sido o motivo da demissão em massa.  

A lista com os nomes dos servidores foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (16). A Ales tem 300 cargos comissionados, sem contar com os mais de 500 servidores na mesma condição que trabalham diretamente nos gabinetes dos deputados. 

Os 47 exonerados desta quinta-feira (17) faziam parte do grupo dos 300 servidores que atuam no atendimento geral da casa e apenas um cargo já teve o substituto nomeado. 

O prazo para a nomeação dos outros 46 servidores ainda é indefinido, mas quando assumiu a presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Erick Musso garantiu que seria respeitada a capacidade técnica dessa nova equipe. 

TAGs

  • assembleia legistaliva
  • demissão
  • diário oficial do estado
  • erick musso
  • exoneração
 Versão para impressão  

MAIS LIDAS

Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016