Policiais invadem o Congresso Nacional para protestar contra a Reforma da Previdência

Os invasores foram contidos pela Polícia Legislativa, que reagiu ao avanço do grupo com bombas de gás lacrimogêneo. Até o momento, não há informação sobre feridos ou preso.

 Versão para impressão  
Policiais protestam contra a Reforma da Previdência
Policiais protestam contra a Reforma da Previdência
(Foto: Marcelo Camargo /Agência Brasil)

Uma manifestação contrária a reforma da previdência acabou em confusão na Câmara dos Deputados. O protesto, realizado na tarde desta terça-feira (18), teve a participação de policiais civis, que chegaram a passar pela chapelaria da Câmara.

Os invasores foram contidos pela Polícia Legislativa, que reagiu ao avanço do grupo com bombas de gás lacrimogêneo. Após a chegada da segurança, uma parte dos manifestantes retornou à rampa do Congresso.

Diversos policiais civis do Espírito Santo também estavam em Brasília para participar do protesto, mas não há confirmação se eles participaram da invasão ao Congresso.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol), Jorge Emílio Leal, ressaltou que “esse momento é de extrema importância. Profissionais da segurança de todo Brasil estão unidos na busca pela garantia dos direitos e prerrogativas. Não podemos deixar que essa Reforma seja aprovada”, disse.

Membros de sindicatos da polícia civil de, pelo menos, quatro estados também estavam em Brasília: Minas Gerais, Ceará, Paraná e Santa Catarina.

Até o momento, não há informação sobre feridos ou preso.

Os policiais protestam porque o texto original da Reforma prevê o fim da aposentadoria especial para a categoria.

TAGs

  • brasília
  • manifestação
  • polícia
  • política
  • protesto
 Versão para impressão  
Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016