Vitória, 16 de Abril de 2014
| 13/9/2012 às 20h8 - Atualizado em 14/9/2012 às 18h9

Advogado e supervisor recebem as últimas homenagens de amigos e familiares

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Reprodução TV VitóriaEm clima de grande comoção, os corpos do advogado André Arraz e do supervisor Jorge Luiz Pereira foram enterrados na tarde desta quinta-feira (13). Familiares e amigos prestaram as últimas homenagens às duas vítimas que morreram em um grave acidente registrado na madrugada do último dia 05, na Rodovia BR 262, a150 quilômetros da divisa do Espírito Santo com Minas Gerais.

Os dois desapareceram quando seguiam a trabalho para Belo Horizonte. Os corpos só foram encontrados na manhã de quarta-feira (12), dentro de um carro em uma ribanceira de cerca de 20 metros.

Enterro do advogado

Reprodução TV VitóriaO cortejo fúnebre foi marcado pelo silêncio. Com camisetas que estampavam a foto do advogado, familiares e amigos deram o último adeus a André Arraz. A emoção tomou conta de todos no momento do último adeus.

“Esperamos ansiosos por um desfecho e é um momento de muita dor e tristeza para a família. De qualquer forma, ficamos aliviados por poder enterrá-lo”, comentou o primo da vítima, Fábio Arraz.

André deixa esposa, dois filhos e um extenso grupo de amigos. “Eu tenho que continuar criando os meus filhos nos caminhos do Senhor porque eles nos ensinou que existe outra vida, inclusive melhor do que essa. Esse momento é muito triste, mas tenho certeza de que ele está bem. Hoje sinto muita saudade da pessoa maravilhosa que ele foi”, lamentou a esposa, Kássia Arraz.

Enterro de supervisor

Reprodução TV VitóriaO corpo do supervisor Jorge Luiz Pereira foi enterrado no cemitério de Alto Lage, em Cariacica. Emocionada, a mãe da vítima fez um desabafo. “Coração de mãe não mente. Eu falei para ele não ir”.

Ana Maria Ventura é ex-esposa e mãe da filha de Jorge. Ela afirma que o supervisor era um ótimo pai. “Minha filha está sofrendo muito. Ela já estava triste pelo desaparecimento e nós estávamos dizendo que o pai dela tinha viajado, que estava bem. Mas quando veio a notícia ontem [quarta], eu não pude mentir para ela. Peço que todos orem por nós e, principalmente, pela minha filha”. 

Carro encontrado

O carro onde estavam André e Jorge Luiz foi localizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na manhã de quarta-feira (12), na localidade de Serra do Macuco, em Minas Gerais, a 150 quilômetros da divisa do Espírito Santo com o estado mineiro, entre os municípios de Rio Casca e João Monlevade.

De acordo com a PRF, um acidente pode ter sido a principal causa da morte dos amigos. De acordo com informações de peritos que ajudaram na retirada do veículo e na identificação das vítimas, os corpos estavam em avançado estado de decomposição.

A região onde o veículo foi encontrado é uma área de precipício e com pouca visibilidade para quem passa pela rodovia. Um caminhoneiro do Espírito Santo teria visto um pedaço do carro, que se desprendeu possivelmente durante o acidente, e acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao perceber um forte cheiro no local.

Leia mais informações sobre o caso:

Família recebe a solidariedade dos amigos após encontro do veículo
Caminhoneiro que encontrou veículo diz ter visto cenas chocantes
Corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira em Minas Gerais
Família de advogado desaparecido organizava movimento para ajudar nas buscas
Buscas chegaram a ser feitas de helicóptero em Minas Gerais
Polícia divulgou últimas imagens dos desaparecidos no Espírito Santo
Família também alugou helicóptero para auxiliar as buscas
Polícia já trabalhava com a hipótese de acidente com os desaparecidos
Cogitada a possibilidade das vítimas nem terem saído do Espírito Santo

Pedaços do carro chamaram a atenção de caminhoneiro

Os corpos de André e Jorge Luiz foram localizados, por volta das 11h, de quarta-feira (12), após o caminhoneiro capixaba Edival Vieira Alves teravistado pedaços do veículo. “O dono da propriedade onde o veículo caiu estava na beira da pista com uma parte do pára-choque e da placa do veículo, que ele encontrou desprendidos do carro. Ele indicava que um acidente havia acontecido ali, mas acho não teve coragem de ir até o carro”, contou o caminhoneiro.

Segundo Edival, não havia marcas de frenagem na pista. “O trecho é cheio de curvas. Pelo que percebemos o veículo deveria ter curvado à esquerda, mas caiu direto na ribanceira”, explicou Edival. O caminhoneiro também acompanhou todo o trabalho de resgate às vítimas e disse que foi um dos fatos mais chocantes de sua vida. “Trabalho como caminhoneiro há cinco anos. Já socorri muitas vítimas de acidentes. Mas nunca vi uma cena tão chocante. Os corpos já estavam em decomposição e o cheiro era muito forte”, explicou.

Edival disse ainda que o dono da propriedade desconhecia o caso do advogado desaparecido. “Como tenho acompanhado as notícias estava trabalhando mais atento a qualquer sinal que indicasse um acidente. Quando vi o senhor com aplaca na mão, logo disse que poderia ser do carro em que estava o advogado. O dono da propriedade nem imaginava que as vítimas estivessem sendo procuradas. Ele desconhecia o caso”, contou.

Entenda o caso

O advogado André Paula Arraz e o colega de trabalho Jorge Luiz Pereira desapareceram no dia (04), quando seguiam viagem para Belo Horizonte, em Minas Gerais. Os dois trabalhavam em uma empresa de segurança localizada em Jardim América, Cariacica, e participariam de uma audiência na capital mineira.

Segundo a esposa do advogado, ele mandou um torpedo para ela por volta de0h20 de terça, dizendo que estava saindo da empresa. Desde então, a família não conseguiu mais fazer contato com rapaz.

Na tarde da última sexta-feira (07), familiares e amigos chegaram a alugar um helicóptero para refazer o trajeto que seria percorrido pelo advogado até Belo Horizonte. O helicóptero partiu do aeroporto de Vitória e percorreu cerca de 400 quilômetros. Na ocasião, dois amigos de André participaram das buscas, mas nenhum sinal das vítimas foi encontrado. A Polícia Civil também chegou a realizar buscas aéreas e por terra.

          

          

Codigo de segurança
Digite o código de segurança no campo abaixo:

mais lidas

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014