Honda apresenta CR-V 2012: A quarta geração deve chegar ao mercado brasileiro no primeiro semestre de 2012

Após ter sua apresentação oficial durante o Salão de Los Angeles, a Honda lança durante o Salão de Tokyo a quarta geração do crossover CR-V. As vendas devem ter início no começo de dezembro, duas semanas antes da estreia nos Estados Unidos. O crossover, que é fabricado em alguns países, entre eles México e Japão, só deverá chegar aos mercados europeu e brasileiro no primeiro semestre de 2012.

As melhorias do novo Honda CR-V 2012 trouxeram para o modelo, segundo a marca, um melhor conforto interno e uma rodagem mais suave e silenciosa. Isso deve-se ao novo corpo e chassi, construídos de materiais que oferecem maior resistência, rigidez e leveza. Também foi aplicado um isolamento adicional contra ruído, além de um piso mais plano.

O tamanho externo do novo modelo permaneceu praticamente inalterado. Apesar de ter ficado menos comprido por milímetros e um pouco mais baixo, o CR-V 2012 é mais espaçoso por dentro em relação ao modelo anterior. Já seu design está mais agressivo e aerodinâmico, com um para-choque dianteiro mais integrado à região frontal do veículo. As luzes verticais traseiras agora são mais tridimensionais e menos recortadas, e junto com os spoilers integrados à carroceria, deixam o modelo com mais estilo.

O CR-V será comercializado em três versões: LX, EX e EX-L, todas estão mais equipadas de série. O modelo básico LX vem com ar condicionado, cruise control, Bluetooth, i-MID, direção assistida elétrica Motion-Adaptive e sistema de áudio. A versão intermediária EX vem ainda com teto solar, jantes de liga leve de 17 polegadas e muito mais. A versão topo de linha EX-L possui ao longo do teto trilhos prateados funcionais, assentos em couro, ar-condicionado dual-zone, sistema de áudio mais sofisticado, entre outros.

O preço sugerido no Japão é de US$ 31.900, cerca de R$ 59.000, para as versões com o motor 2.0, e de US$ 35.350, aproximadamente R$ 65.500  para os modelos empurrados pelo bloco 2.4 litros. Esteticamente, o CR-V japonês é quase igual ao mexicano, exceto na dianteira, onde os faróis têm seções de luz diferentes e usam leds, no mexicano os fáróis têm parábolas simples.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *