Hyundai inicia vendas da Tucson Flex

Acaba de chegar às concessionárias da Hyundai CAOA de todo o Brasil o utilitário esportivo Tucson Flex. O modelo passa a ter motor bicombustível que agrega ainda mais tecnologia, valorização e maior custo-benefício em um dos modelos mais vendidos da marca no Brasil. Além damotorização flex, a versão Top do veículo ainda ganhou o novo sistema TPMS (que avisa o condutor quando os pneus precisam ser calibrados), kit multimídia e bancos de couro de fábrica.

Todas as versões vendidas no País passam a ser equipadas com motor 2.0 l Flex DOHC com CVVT (Comando de Válvulas Variável), de 16 válvulas, 4 cilindros em linha, com cabeçote e bloco em alumínio e injeção eletrônica  MPFi (Mult Point Fuel Injection), capaz de gerar 142 cv quando abastecido com gasolina e 146 cv com etanol a 6.000 rpm. A Tucson Flex está disponível com câmbio automático de 4 velocidades.

A Tucson Flex possui suspensão dianteira independente, tipo McPherson com molas helicoidais, amortecedores pressurizados a gás de dupla ação, e, na traseira, a suspensão é independente, Tipo Dual-Link com molas helicoidais, amortecedores pressurizados a gás de dupla ação. O sistema de freios conta com ABS e EBD de 4 canais de última geração. Para aumentar a segurança e confiabilidade na condução do veículo, a direção possui Assistência Hidráulica Progressiva.

A Tucson Flex está equipada com vidros e retrovisores com acionamento elétrico, porta-objetos, porta-copos, descansa braços e console central para armazenamento de pequenos objetos. O carro conta ainda com os itens como travamento e destravamento das portas a distancia pelo sistema keyless, airbags para o condutor e passageiro. A versão Top de linha, que estará disponível para compra no próximo ano, conta com bancos de couro e kit multimídia com DVD, CD, AM/FM, GPS de fábrica e o novo sistema TPMS, que avisa quando os pneus precisam ser calibrados.

Com o intuito de proporcionar ainda mais praticidade aos ocupantes, a Tucson possui acesso ao porta-malas também pelo vidro vigia traseiro. O veículo tem o espaço ideal para quem necessita acomodar as bagagens sem abrir mão do conforto. Ao rebater os bancos traseiros, o cliente ganha um volume ainda maior para transporte de itens. Com os bancos posicionados de maneira normal a capacidade do porta-malas é de 340 l e com os bancos traseiros totalmente rebatidos capacidade aumenta para 1.250 l.

A Tucson é produzido na fábrica da Hyundai CAOA Montadora, na cidade Anápolis, Goiás, a qual foi erguida com capital 100% nacional. Desde 2010, a planta fabrica o Tucson com exclusividade em todo o mundo.

No mês de setembro, antes mesmo de receber a motorização Flex,  a Tucson foi a vencedora do prêmio “Melhor Negócio do Brasil 2013” na categoria entre R$ 60.001 e R$ 70.000. Promovido pela revista semanal Carro Hoje (Ed. Motorpress), essa premiação elege os melhores veículos vendidos no mercado nacional, divididos em 15 categorias, com preços entre R$ 21.240 e R$ 150.000.
 
A versão básica do Tucson Flex está à venda no Brasil por R$ 67.500 e a Top de linha, com previsão de chegada às concessionárias no próximo ano, parte de R$ 75.000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *