Copa Troller: carros enfrentam dunas de até 50 metros na etapa do Ceará

Mais de 80 carros participaram da primeira etapa do campeonato Nordeste da Copa Troller 2013, disputada neste final de semana nas areias cearenses. No belo cenário formado pelas praias de Sabiaguaba, Prainha, Japão, Aquirás e Presídio, os participantes enfrentaram desafios como a passagem em dunas de até 50 metros de altura.

Uma equipe da organização foi destacada para orientar os iniciantes da categoria Passeio, em que não existe contagem de pontos, a superar esse tipo de obstáculo usando os recursos off-road do Troller T4. “O percurso foi criado para dar muita emoção aos participantes, aproveitando a capacidade única do Troller T4 em terreno arenoso. Afinal, o utilitário nasceu e é produzido no Ceará, na cidade de Horizonte”, diz Ricardo Menezes, um dos diretores da prova.

Para as demais categorias (Expedition, Turismo e Graduados) foram criadas três provas com diferentes níveis de dificuldade para os participantes: a primeira com nível moderado, a segunda mais técnica e a terceira com um ritmo bem mais acelerado.

“Essa combinação foi muito bem recebida pelos competidores, por isso pretendemos continuar usando a mesma fórmula nas próximas etapas”, diz Rogério Almeida, novo diretor de prova do campeonato Nordeste, que trouxe para a competição seus mais de 20 anos de experiência em ralis.

A Copa Troller tem passado ao longo dos últimos 11 anos pelos mais belos cenários do Brasil. Ela reúne centenas de participantes em cada etapa, firmando-se como um dos maiores eventos de interação entre cliente e montadora do País. O roteiro da competição inclui cidades que vão do Sul e Sudeste ao Nordeste brasileiro, trazendo uma grande variedade de pistas e climas que colocam à prova a habilidade dos pilotos e a versatilidade do Troller T4.

“Desde a sua criação, a Copa Troller tem levado os participantes aos lugares mais belos do Brasil, com percursos que envolvem dunas, montanhas e até travessias de cachoeiras”, diz Carla Freire, supervisora de Marketing da Troller. “Com isso, mais que um rali off-road, ela tornou-se uma oportunidade de descobrir as belezas naturais do País. Tudo isso, sempre em um clima de muita emoção e amizade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *