• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nordeste e Centro-Oeste ajudaram IBC-Br de novembro a registrar leve alta

Economia

Nordeste e Centro-Oeste ajudaram IBC-Br de novembro a registrar leve alta

Brasília - A atividade produtiva no Nordeste e no Centro-Oeste ajudou o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) a registrar elevação de 0,04% na margem em novembro, de acordo com dados da autarquia. No Sul, houve estabilidade no período. Até as 17h30, não havia ainda atualização dos dados do Norte e do Sudeste referentes a novembro na página do BC.

Segundo a instituição, no Nordeste, o indicador passou de 158,48 para 158,70 pontos de outubro para novembro, o que representa uma alta de 0,14% na margem. No Centro-Oeste, o IBC-Br subiu de 148,07 para 148,15 pontos, uma elevação de 0,05%. Já no Sul, o índice avançou de 148,27 para 148,29 pontos no período, apresentando estabilidade na margem (+0,01%). O indicador geral passou de 146,75 para 146,81 pontos de um mês para o outro. Todos os dados contam com ajuste sazonal.

A leve alta do IBC -br em novembro veio dentro do intervalo aguardado pelos analistas consultados pelo AE Projeções, que ia de uma queda de 0,40% a uma elevação de 0,30%. O resultado efetivo, no entanto, ficou bem acima da mediana de -0,20% encontrada pelo AE Projeções com base em estimativas do mercado. A surpresa positiva, porém, não é suficiente para que os economistas façam fortes revisões de suas estimativas para a economia em 2014, segundo as avaliações de profissionais consultados pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.