• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arábia Saudita corta preços do petróleo para fevereiro para clientes da Europa

  • COMPARTILHE
Economia

Arábia Saudita corta preços do petróleo para fevereiro para clientes da Europa

Os barris do tipo Extra Leve e Pesado foram cortados em US$ 0,40, enquanto o Leve e o Médio foram reduzidos em US$ 0,60 e US$ 0,50 o barril, respectivamente

Em meio à forte queda nos preços globais do petróleo, os números têm sido acompanhados com atenção Foto: Divulgação

Riad - A Saudi Arabian Oil Company, conhecida como Saudi Aramco, divulgou seus preços oficiais de venda de petróleo para fevereiro. O processo de estabelecimento desses preços é tipicamente técnico e tem pouco impacto no mercado em geral. Nos últimos meses, porém, em meio à forte queda nos preços globais do petróleo, os números têm sido acompanhados com atenção pelo mercado, em busca de pistas sobre os próximos passos da política da Arábia Saudita para a commodity.

Os clientes do noroeste da Europa foram beneficiados com preços mais baixos. Os barris do tipo Extra Leve e Pesado foram cortados em US$ 0,40, enquanto o Leve e o Médio foram reduzidos em US$ 0,60 e US$ 0,50 o barril, respectivamente.

Os preços para os países do Mediterrâneo ficaram inalterados, excedo pelo desconto de US$ 0,20 o barril pelo tipo Extra Leve.

A maior empresa exportadora de petróleo no mundo disse, em comunicado divulgado por e-mail a seus clientes asiáticos, que o petróleo Leve para eles aumentou em US$ 0,60 o barril, o Médio em US$ 0,70 e o Pesado em US$ 0,90 o barril. Os preços do Extra Leve e do Super Leve aumentaram em US$ 0,70 e US$ 1 o barril, respectivamente.

Nos Estados Unidos, os preços foram mantidos para o petróleo Leve, Médio e Pesado, mas os do Extra Leve foram reduzidos em US$ 0,50 o barril.

A Saudi Aramco vende a preços diferentes em cada região, em grande medida para se ajustar à demanda dos compradores e às flutuações do mercado. Fonte: Dow Jones Newswires.