• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BC: administrados, isoladamente, responderam por mais de 90% da meta de inflação

Economia

BC: administrados, isoladamente, responderam por mais de 90% da meta de inflação

Brasília - O Banco Central fez questão de enfatizar na carta aberta divulgada na noite desta sexta-feira, 8, o papel do ajuste de preços administrados na economia. De acordo com o documento, a variação isolada desse conjunto de itens correspondeu a mais de 90% da meta de inflação para 2015. Isso, ressalta o documento, mesmo não considerando os efeitos da transmissão do ajuste desses preços sobre o restante da economia.

"Destaca-se também como fator fundamental a evolução dos preços dos ativos domésticos e das expectativas de inflação, ambos influenciados, como ressaltado anteriormente, pelo elevado grau de incerteza para a trajetória esperada para as variáveis fiscais", escreveu o presidente da instituição, Alexandre Tombini.

Juntos, mudanças nas expectativas e os efeitos do repasse cambial foram responsáveis por 2,3 pontos porcentuais da taxa de inflação de 2015, conforme o documento. O presidente do BC continua a pontuar na carta que, no agregado, a contribuição dos preços administrados, do repasse cambial e das expectativas de inflação soma 6,55 pontos porcentuais. "Superior, portanto, ao limite estabelecido para a meta de inflação para 2015", concluiu, ressaltando que os efeitos de segunda ordem dos preços administrados sobre os preços livres não estão incluídos nessa contribuição.