• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maciel: com crescimento líquido de 12%, conta de viagens surpreendeu

  • COMPARTILHE
Economia

Maciel: com crescimento líquido de 12%, conta de viagens surpreendeu

Brasília - O chefe do departamento econômico do Banco Central, Tulio Maciel, disse nesta terça-feira, 24, que as viagens internacionais foram o destaque da conta de Serviços no balanço de pagamentos de janeiro. "A conta de viagens surpreendeu, com crescimento líquido de 12% em janeiro sobre o mesmo mês do ano passado", comparou. No mês passado, a despesa líquida com viagens somou US$ 1,652 bilhão e um ano antes a conta ficou deficitária em US$ 1,477 bilhão. O resultado mais recente, de acordo com Tulio, é o maior da série do BC para os primeiros meses do ano.

"A conta de viagens vinha mostrando moderação em 12 meses e em janeiro teve alta", disse. Segundo ele, esta é apenas uma primeira observação, não se pode dizer ainda que se formou uma tendência. "Claro que, com a elevação do dólar no segundo semestre, nossa expectativa é que isso venha a arrefecer, mas não foi o que ocorreu em janeiro", considerou.

Segundo informações do chefe de departamento, no mês de fevereiro até o dia 20, o déficit de da conta de viagens já está em US$ 770 milhões, com receitas de US$ 370 milhões e despesas de US$ 1,140 bilhão. Essa continuidade do aumento dos gastos com viagens, de acordo com ele, ainda refletem a continuidade do crescimento da renda real. "Boa parte dos pacotes é planejada com antecedência e isso impõe à rubrica alguma defasagem em relação ao câmbio", disse. Ele lembrou que o dólar estava cotado a R$ 2,33 em setembro do ano passado e chegou a R$ 2,64 no final do ano.