• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

As 6 propostas entregues para a Ponte Rio-Niterói foram classificadas, diz ANTT

  • COMPARTILHE
Economia

As 6 propostas entregues para a Ponte Rio-Niterói foram classificadas, diz ANTT

São Paulo - A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou nesta terça-feira, 17, o nome dos seis grupos que entregaram propostas pela futura concessão da Ponte Rio-Niterói. São elas, a CCR, em consórcio com sua controlada Companhia de Investimentos em Infraestrutura e Serviços (CIIS) - o Consórcio Ponte; a EcoRodovias; a Triunfo Participações e Investimentos (TPI); a CS Brasil, controlada do grupo JSL para a atuação em negócios de infraestrutura e concessões públicas; a Infra Bertin Participações, controlada da AB Concessões; e o Consórcio Nova Guanabara, formado pelas empresas A. Madeira Indústria e Comércio Ltda., Coimex Empreendimentos e Participações Ltda., Urbesa Administração e Participações Ltda. e Rio do Frade Empreendimentos Ltda. Conforme a ANTT, todas foram classificadas.

A abertura das propostas acontece nesta quarta-feira, 18, na BM&FBovespa, em São Paulo. Vencerá o leilão o grupo que oferecer a menor tarifa. Segundo o edital, a tarifa teto fixada é de R$ 5,18.

O trecho a ser concedido, com 13,2 quilômetros de extensão, fica na BR-101 entre o acesso à ponte, em Niterói, e o entroncamento com a RJ-071, a Linha Vermelha. O contrato de concessão terá duração de 30 anos e exigirá investimentos da ordem de R$ 1,3 bilhão.

Em nota a ANTT destacou que o fato de a ponte ser uma concessão consolidada e, por isso, de fácil análise, favorece a disputa pelo projeto, uma vez que a demanda já está definida, o que implica a redução dos riscos.