• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BC eleva projeção de déficit do setor externo em 2017 de US$ 28 bi para US$ 30 bi

Economia

BC eleva projeção de déficit do setor externo em 2017 de US$ 28 bi para US$ 30 bi

Brasília - O Banco Central atualizou as projeções para as contas externas em 2017. De acordo com as novas estimativas, a previsão de déficit em transações correntes em 2017 subiu de US$ 28 bilhões para US$ 30 bilhões. O valor será integralmente coberto pela expectativa de ingresso de Investimento Direto no País (IDP), cuja previsão oficial continuou em US$ 75 bilhões.

A previsão de déficit em conta corrente neste ano é feita com base na expectativa de que 2017 terminará com saldo negativo de US$ 36,7 bilhões na conta de serviços - ante estimativa anterior de US$ 31,2 bilhões. Nessa nova projeção foi elevada a previsão de déficit na conta de viagens internacionais, de 10,5 bilhões para US$ 12,5 bilhões no ano. Já a previsão de aluguel de equipamentos subiu de US$ 17,5 bilhões para US$ 19,5 bilhões.

Também contribuiu para a previsão de déficit em transações correntes o saldo negativo da chamada conta de renda primária. Nesse grupo, está a previsão atualizada para as remessas de lucros e dividendos em 2017, estimativa que subiu de US$ 23,5 bilhões para US$ 26,5 bilhões. Nessa rubrica, também é contabilizado o pagamento de juros no exterior, cuja projeção foi atualizada e passou de US$ 20,9 bilhões para US$ 21,4 bilhões.

O rombo das contas externas é amenizado pela balança comercial. Estimativa oficial do BC prevê superávit comercial de US$ 51 bilhões neste ano, valor superior à previsão anterior de saldo positivo de US$ 44 bilhões.

Essa previsão foi construída com base na projeção de que as exportações brasileiras em 2017 ficarão em US$ 200 bilhões e as importações, em US$ 149 bilhões. As previsões anteriores eram de US$ 195 bilhões para os embarques e US$ 151 bilhões para a compra de importados.

Carteira

O BC também atualizou a previsão de investimento estrangeiro em ativos financeiros brasileiros. A projeção de investimento em ações brasileiras - inclusive recibos negociados no exterior e fundos de investimento se manteve em US$ 10 bilhões.

Já a previsão de saída líquida dos estrangeiros dos títulos de renda fixa negociados no Brasil diminuiu de US$ 10 bilhões para US$ 7 bilhões.

O BC também atualizou a projeção de investimento brasileiro no exterior, que diminuiu de US$ 18 bilhões para US$ 14 bilhões.