• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

CAE faz sabatina de diretores do Banco Central

Economia

CAE faz sabatina de diretores do Banco Central

Brasília - Depois de algum atraso e do clima ruim que se instalou entre Congresso e Palácio do Planalto, o Senado faz, nesta terça-feira, 14, a sabatina de Tony Volpon e Otávio Ribeiro Damaso, indicados para ocupar uma cadeira na cúpula do Banco Central. A avaliação deles pelos parlamentares é aguardada com ansiedade, já que a diretoria da instituição segue incompleta desde a saída de Carlos Hamilton Araújo da diretoria de Política Econômica. A sabatina já deveria ter ocorrido, mas com a tensão política, o governo esperou o melhor momento para evitar uma nova derrota no Congresso. O início hoje estava marcado para as 10 horas, mas está atrasado.

O BC precisa da diretoria completa o quanto antes. A próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em 28 e 29 de abril, pode dar fim ao atual ciclo de aperto monetário em meio um quadro complexo para a economia, com projeções da própria instituição de que a missão principal da Casa não será cumprida em 2015: manter a inflação na meta. Com isso, a instituição terá de responder o porquê de dar fim ao movimento de alta das taxas mesmo com perspectivas tão ruins para o custo de vida.

Diante do clima beligerante entre Congresso e governo, o Banco Central fez uma forte preparação para diminuir os riscos dos dois nomes serem barrados. O próprio presidente da instituição, Alexandre Tombini, entrou no circuito com ligações aos senadores para sondar o clima para a sabatina. Inclusive os dois possíveis futuros diretores - eles precisam da confirmação pelos parlamentares para assumir o posto - participaram de conversas com senadores na última semana.

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), senador Delcídio Amaral (PT-MS), reconheceu, em entrevista ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, na semana passada, que a comissão não fez antes a sabatina porque o clima estava difícil. "Não dá para brincar. Eu já vi tanto cara bom ser derrotado. Quantos foram derrubados em sabatina, pessoas de alto conceito", disse. "Eles passaram por uma situação constrangedora, porque um cara desses vai levar para o resto da vida a pecha de que foi derrubado no Senado. E às vezes o problema não é com ele, é político", disse na semana passada ao Broadcast.

O economista Tony Volpon é atualmente diretor executivo e chefe de Pesquisas para Mercados Emergentes das Américas da Nomura Securities International. Ele é formado em economia pela McGill University, de Montreal, Canadá, e tem mestrado na University of Western Ontário.

Otávio Ribeiro Damaso ocupa a chefia de gabinete e coordena a assessoria econômica do presidente do Banco Central. Ele tem bacharelado em economia pela Universidade de Brasília, onde também fez especialização em Matemática para Economia e Administração.