• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

"Bairro Solar": economia de energia chega a 70 kwh por mês em residências capixabas

Economia

"Bairro Solar": economia de energia chega a 70 kwh por mês em residências capixabas

O projeto Bairro Solar consiste na instalação gratuita de equipamentos que captam a água fria que vem das ruas e a esquentam com energia produzida em duas horas de luz solar

Projeto foi implantado em 2012, em Serra Foto: Divulgação

Já pensou viver em um bairro onde a conta de luz agrada ao bolso, e que por isso, sobra dinheiro no final do mês? O que parece coisa de país de primeiro mundo acontece aqui no Espírito Santo.

Por enquanto, apenas 4.240 residências selecionadas pelo projeto “Boa Energia Solar” possuem mecanismos que ajudam na redução do consumo de energia elétrica. De acordo com a Espírito Santo Centrais Elétricas AS (EDP/Escelsa), a economia registrada economia chega em média a 70 kwh/mês por residência.

As casas ficam nos municípios de Serra, Vitória Vila Velha, Cariacica e Castelo. Segundo a EDP, as residências receberam, gratuitamente, a instalação de painéis solares para o aquecimento da água, reservatório térmico para armazenamento, misturadores de água quente e fria para regular a temperatura até que a água fique agradável ao banho, substituição das lâmpadas ineficientes por outras fluorescentes compactas com Selo PROCEL “A” de eficiência energética, além de orientações de técnicos capacitados sobre a perfeita utilização dos equipamentos.

O sistema  garante que a luz do sol será suficiente para aquecer a água do banho em cerca de 80% dos dias do ano. Nos poucos dias em que não houver energia solar, o chuveiro elétrico poderá ser utilizado, mantendo a temperatura da água ideal para um banho confortável. Paralelamente às instalações, os moradores contemplados também recebem lâmpadas fluorescentes, compactas e econômicas, em substituição às incandescentes convencionais e orientações sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica.

Em julho de 2012, os moradores dos bairros Serra Dourada I, II e III, em Serra, foram os primeiros a terem a implantação do projeto.  A partir desta data, as outras localidades passaram a receber o programa.