• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bean prevê juro no Reino Unido de volta a 5%

Economia

Bean prevê juro no Reino Unido de volta a 5%

Londres - O vice-presidente para política monetária do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Charles Bean, disse hoje que as taxas de juros no Reino Unido não ficarão abaixo de sua média histórica indefinidamente.

Bean, que se aposenta do cargo no BoE nesta segunda-feira, previu em entrevista à Sky News que as taxas deverão subir para o nível de 5% que prevaleceu antes da crise financeira, mas só depois de muitos anos.

"É razoável pensar que, no longo prazo, voltaremos para 5%, mas isso provavelmente está bem distante", disse Bean, segundo transcrição da entrevista, que foi publicada na internet.

Autoridades do BoE têm dito que a taxa básica de juros, hoje na mínima histórica de 0,5%, não deverá subir para mais que 2,5% ou 3,0% nos próximos anos devido a fatores que influenciam o crescimento e a inflação. O presidente do BoE, Mark Carney, citou alguns desses fatores em entrevista publicada pelo jornal Belfast Telegraph na sexta-feira.

"Devido a uma variedade de grandes forças que atuam em nossa economia - famílias muito endividadas, governos que consolidam dívidas (na zona do euro), fracos parceiros comerciais na Europa, a valorização de nossa moeda e mudanças no sistema financeiro - o caminho apropriado para as taxas de juros provavelmente será de aumentos limitados e graduais", disse Carney.

Para Bean, porém, esses problemas deverão eventualmente desaparecer, permitindo à taxa básica retornar a sua média histórica. "Eu não diria que (a taxa) voltará a esse nível em dez anos, mas acho plausível que, em um prazo bem longo, esses problemas diminuam", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.