• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Banco Central da Coreia do Sul decide manter taxa de juros, em 1,5%

Economia

Banco Central da Coreia do Sul decide manter taxa de juros, em 1,5%

Seul - O Banco Central da Coreia do Sul decidiu nesta quinta-feira (hora local) manter a taxa de juros em 1,5%, como esperado, após um corte de juros em junho para ajudar a controlar os estragos para a economia do país causado por uma epidemia viral e pela fraqueza nas exportações.

A decisão do BC sul-coreano é tomada uma semana após o governo anunciar um pacote de estímulo fiscal de quase US$ 20 bilhões para impulsionar os gastos dos consumidores e melhorar a confiança das empresas, após a disseminação da epidemia de Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS, na sigla em inglês). Nesta quinta-feira, o Ministério do Comércio informou que ampliará o financiamento a exportadores locais em cerca de US$ 14 bilhões até 2016, como parte de seus esforços políticos para impulsionar as exportações.

A maioria dos economistas ouvidos pelo Wall Street Journal espera que o BC mantenha a taxa de juros no trimestre até setembro, para avaliar os efeitos do corte nos juros em junho e do plano de estímulo fiscal.

A MERS, que já matou 35 pessoas na Coreia do Sul desde maio, é o mais recente revés para a economia do país. A epidemia prejudicou as vendas no varejo e o turismo, com os consumidores ficando em casa e com o cancelamento de viagens. A queda nas exportações é outra preocupação - em junho, elas recuaram 1,8% na comparação anual, na sexta queda mensal consecutiva. Fonte: Dow Jones Newswires.