• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeiro Stone Fair começa nesta terça-feira e deve reunir mais de 25 mil visitantes

  • COMPARTILHE
Economia

Cachoeiro Stone Fair começa nesta terça-feira e deve reunir mais de 25 mil visitantes

Os estandes estão distribuídos em um espaço de 32 mil metros quadrados, e a expectativa é de que cerca de 25 mil visitantes, entre estrangeiros e brasileiros, participem da Feira

Mais de 220 expositores do setor de rochas ornamentais participarão do evento Foto: Divulgação

A 38ª edição da Cachoeiro Stone Fair, um dos maiores internacionais do setor de rochas ornamentais realizados no Estado, começa nesta terça-feira (26), em Cachoeiro de Itapemirim. A abertura oficial está marcada para as 17h, no Parque de Exposição Carlos Caiado Barbosa, no bairro Aeroporto. O evento é voltado para empresários e profissionais do setor e segue até a sexta-feira (29).

Durante esses quatro dias, o público de mais de 600 cidades, de todos os estados brasileiros, poderá conferir de perto as novidades apresentadas pelos 220 expositores de rochas ornamentais, máquinas, equipamentos e insumos. Os estandes estão distribuídos em um espaço de 32 mil metros quadrados, e a expectativa é de que cerca de 25 mil visitantes, entre estrangeiros e brasileiros, participem da Feira.

O mercado internacional participa, este ano, com 30 empresas representantes, de países como Argentina, Nova Zelândia, China, França, Espanha e Itália. “Sabemos que a região sul do Espírito Santo é muito procurada para compra de matéria-prima, pedras, insumos e máquinas. E com isso, a Cachoeiro Stone Fair se torna o acontecimento que nos permite estar com muitas empresas de uma só vez”, diz o representante da francesa Thibaut, Yann Salaun.

Segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Cachoeiro, Ricardo Coelho, além do impacto direto para o setor de rochas ornamentais, a Feira alcança, pelo menos, outros 52 segmentos. A estimativa é de que a receita extra-muros da Stone Fair chegue a algo em torno de R$10 milhões, empregados em montagem e desmontagem da Feira, hospedagem, alimentação, aluguel de veículos, táxis, entretenimento, logística geral (material e pessoal).

“Sem dúvidas se trata do principal evento econômico da região, com impacto em toda a cadeia produtiva de rochas (máquinas, insumos e rocha) e por ser hoje uma feira focada no mercado interno atrai compradores de todo o Brasil. Todo o trade turístico espera ávido por este período, e é o momento para fidelizar este visitante para que ele retorne”, afirmou o secretário.

Máquinas e equipamentos em destaque

Reflexo da posição assumida pela cidade de Cachoeiro de Itapemirim, como maior polo brasileiro de fabricante de máquinas e equipamentos para o setor, este ano 70% dos espaços serão destinados empresas deste setor, e 30% para pedras. “Esta é uma lógica que vem a confirmar Cachoeiro como importante polo processador de pedras”, informou Cecília Milaneze, representante da organizadora do evento, Milanez & Milaneze.

De acordo com o Sindicato da Indústria de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Espírito Santo (Sindirochas), são mais de mil empresas voltadas para a extração, beneficiamento e comercialização de rochas na região Sul do Estado. Tais números, além de conferirem ao Estado o terceiro lugar em exportação do mineral do país, favorecem o fortalecimento do setor de máquinas e equipamentos. “Essa área sempre foi muito forte e vem crescendo alavancada pelas rochas na região”, afirmou Samuel Mendonça, presidente do Sindicato.

Crédito

Empresas do setor de rochas e de equipamentos terão oferta de crédito de até R$ 15 milhões, disponibilizados pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), durante a feira. Entre as soluções de crédito que o banco oferece, as empresas podem contar com financiamento para produtos e serviços inovadores. Há ainda crédito para implantação, expansão, modernização e desenvolvimento tecnológico das empresas, incluindo a aquisição de equipamentos importados. Para aquisição de máquinas e equipamentos nacionais, oferece recursos do BNDES (Finame e PSI), entre outros.

Para outros limites de crédito, o empreendedor também pode contar com recursos da Finep/Inovacred. Essa solução disponibiliza R$ 2 milhões para investimento com taxa de juros de 5% ao ano e prazo de 96 meses. Este financiamento pode ser aplicado a projetos de inovação como introdução de novos produtos no setor bem como o aperfeiçoamento dos já existentes, visando ampliar a competitividade das empresas no âmbito regional e nacional.

Serviço:
Data: 26 a 29/08
Horário: 13h às 20h
Local: Parque de Exposição Carlos Caiado Barbosa
Endereço: Rod.Cachoeiro x Muqui, Km 01 - Cachoeiro de Itapemirim
Inscrições: www.cachoeirostonefair.com.br