• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BCE concluiu que Brexit não reverterá recuperação da zona do euro, diz BC alemão

Economia

BCE concluiu que Brexit não reverterá recuperação da zona do euro, diz BC alemão

Frankfurt - Os dirigentes de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) concluíram em sua reunião do mês passado que a decisão do Reino Unido de votar por sua saída da União Europeia, em plebiscito realizado em junho, não irá reverter o processo de recuperação econômica da zona do euro, afirmou hoje o banco central alemão em relatório mensal.

No documento, o Bundesbank, como é conhecido o BC alemão, destaca que o conselho diretor do BCE "chegou à conclusão de que o cenário base de contínua recuperação econômica e avanço gradual das taxas de inflação na zona do euro se mantém intacta".

No encontro de 21 de julho, o BCE decidiu manter suas principais taxas de juros inalteradas e seu presidente, Mario Draghi, foi contido na promessa de novos estímulos. Segundo Draghi, ainda era muito cedo para determinar o impacto do chamado "Brexit" e os mercados financeiros mostraram uma "resistência encorajadora". Na ocasião, Draghi também anunciou que o BCE irá reavaliar a situação na reunião de setembro, quando a instituição terá novas projeções econômicas.

No começo de agosto, o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) respondeu à vitória do Brexit com agressivas medidas de estímulos, que incluíram um corte de juros e a ampliação de seu programa de compras de bônus do governo.

Na visão do Bundesbank, os efeitos do Brexit para a Alemanha provavelmente ficarão "dentro de limites estreitos, pelo menos no curto prazo".

O Bundesbank também previu que a Alemanha deverá continuar crescendo durante o verão do hemisfério norte, uma vez que as expectativas das empresas alemãs foram apenas levemente prejudicadas pelo plebiscito britânico. Fonte: Dow Jones Newswires.