• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

ANP aguarda sinal da Petrobras para fazer vistoria na Replan e garantir segurança

  • COMPARTILHE
Economia

ANP aguarda sinal da Petrobras para fazer vistoria na Replan e garantir segurança

A ANP interditou a Replan na sexta-feira, depois que a Petrobras avisou ao mercado que voltaria a operar com metade da capacidade de 415 mil barris

Mais cedo, a Petrobras reafirmou a intenção de retomar a operação da parte não afetada pelo incêndio nos próximos dias, mas não estipulou uma data (Foto/reprodução)

O diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, disse nesta segunda-feira, 27, que aguarda apenas o sinal verde da Petrobras para a agência verificar se a Refinaria de Paulínia (Replan), em São Paulo, tem condições de voltar a operar na parte não afetada por um incêndio ocorrido na última segunda-feira, 20.

A ANP interditou a Replan na sexta-feira, depois que a Petrobras avisou ao mercado que voltaria a operar com metade da capacidade de 415 mil barris diários de derivados processados por dia. Oddone disse que espera uma comunicação formal da estatal sobre a volta da operação, e que sem isso não será autorizada.

"(A intervenção foi) Só para garantir que quando voltar, será em condições de segurança; nada excepcional. Vamos olhar a refinaria depois que a Petrobras disser que está pronta", disse Oddone, ao chegar em um evento sobre o setor naval.

Ele reforçou que não sabe quando será feita a vistoria. "Depende da Petrobras. Quando a Petrobras estiver pronta, a ANP vai lá fazer a auditoria, depois que ela nos informar formalmente", disse Oddone.

Mais cedo, a Petrobras reafirmou a intenção de retomar a operação da parte não afetada pelo incêndio nos próximos dias, mas não estipulou uma data.