• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil será um dos grandes exportadores de petróleo até 2023, estima a EPE

Economia

Brasil será um dos grandes exportadores de petróleo até 2023, estima a EPE

Em julho passado, a produção de petróleo do Brasil atingiu 2,267 milhões de barris diários; com o pré-sal, estimativa é de que produção nacional suba para 5 milhões de barris por dia

EPE estima que haverá criação de 75 mil empregos diretos Foto: Divulgação/Petrobras

O novo Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE), com projeções para 2023, estima que, na próxima década, o Brasil entrará no rol dos grandes exportadores mundiais de petróleo. A produção nacional de petróleo deverá subir para 5 milhões de barris por dia (bpd), dos quais dois terços corresponderão ao pré-sal.

Em julho passado, a produção de petróleo do Brasil atingiu 2,267 milhões de barris diários, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).  O PDE foi divulgado hoje (10) pela  Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

Como a demanda decenal é projetada em 3,5 milhões de bpd no final do período, o excedente gerado de 1,5 milhão de bpd será direcionado para a exportação, segundo os técnicos da EPE. O estudo ficará em consulta pública no ministério até o dia 5 de outubro próximo.

Com base nas atividades de exploração e produção de petróleo previstas para os próximos dez anos, a EPE estimou que haverá a criação de 75 mil empregos diretos no pico das atividades, em 2015;  geração de 100 mil empregos indiretos, englobando outras atividades da cadeia produtiva do petróleo; e arrecadação para  estados e municípios de cerca de R$ 259 bilhões na década.