• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cai número de cruzeiros que passam pelo Espírito Santo

Economia

Cai número de cruzeiros que passam pelo Espírito Santo

Mesmo com a baixa, os turistas capixabas procuram por esse tipo de viagem. Os serviços começam a ser contratados com quase um ano de antecedência

Os navios devem começar a chegar na capital capixaba em novembro Foto: Divulgação

A preparação para fazer um cruzeiro começa cedo e a temporada dos navios passarem por Vitória já está chegando. Mas mesmo com a grande procura dos capixabas e com a grande quantidade de viagens disponibilizadas no país, apenas três embarcações vão passar pelo Espírito Santo. O número vem caindo a cada ano. 

Na temporada 2012/2013 foram quatro navios que passaram pela capital capixaba, trazendo 5.235 turistas. O motivo da queda, de acordo com a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem no Espírito Santo (ABAV-ES), Elvira Madalena Altoé, são as obras que acontecem no Porto de Vitória. “A vinda de navios já não está tão forte quanto era antes. Já chegamos a receber aproximadamente 30 cruzeiros”, contou.

De acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Turismo de Vitória, a temporada de cruzeiros 2011/2012 bateu recordes no número de passageiros e de embarcações no porto. Passaram por Vitória um total de 55.263 passageiros, número 121% maior que na temporada anterior, quando a capital capixaba recebeu aproximadamente 25 mil passageiros.

Vendas

De acordo com Elvira, os turistas capixabas já começam a contratar os serviços dos cruzeiros com quase um ano de antecedência. “Normalmente as pessoas começam a comprar os pacotes em janeiro e fevereiro para viajarem de novembro a janeiro, que é a temporada no país. Isso se deve aos preços, mas o custo benefício é bom”, explicou.

Ainda segundo a presidente, há três anos não existe mais embarques para cruzeiros no Estado. Os capixabas que desejam fazer esse tipo de passeio precisam embarcar em São Paulo ou no Rio de Janeiro. “No Brasil só há navios no verão, pois no período de inverno da Europa eles estão aqui. Quem quiser viajar, ainda há vagas, mas são poucas. Os cruzeiros que vendem primeiro são os que comemoram a virada do ano. Os destinos são variados, tanto para o nordeste como para o sul”, destacou.