• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Banco prorroga prazo para renegociar dívida de capixabas inadimplentes

Economia

Banco prorroga prazo para renegociar dívida de capixabas inadimplentes

De acordo com dados da CDL Vitória, mais de 550 mil pessoas estão inadimplentes no Estado; em setembro, esse número cresceu quase 9% em comparação ao ano passado

Agências do Banestes receberão clientes para negociar dívidas Foto: Divulgação/Governo

Aproveitando o sucesso nas negociações realizadas no 2º Mutirão de Negociação de Dívidas do Procon-ES, o Banestes ampliou o tempo da ação para seus clientes inadimplentes. Até o dia 30 de novembro, o banco realizará em todas as agências do Estado atendimento para renegociação de dívidas. 

“Houve uma procura muito grande por parte dos clientes inadimplentes para negociar débitos. Por isso, vamos dar continuidade a ação, mantendo as mesmas condições de negociação utilizadas no mutirão do procon”, explicou a superintendente de recuperação de crédito do Banestes, Carla Barreto. 

Nos nove dias do evento, o Banestes negociou mais de R$ 1,5 milhões em 350 acordos com clientes inadimplentes. No total, cerca de 16 mil capixabas renegociaram dívidas com as empresas participantes do mutirão do Procon estadual. Foram mais de R$ 19 milhões negociados.

A oportunidade não é só para quem está com dívidas em atraso. O cliente que apresenta dificuldade de pagar o cartão ou qualquer linha de crédito do banco e que pode ficar em débito a qualquer momento também pode ir negociar. Basta procurar qualquer uma das 132 agências do Banestes com seus documentos pessoais e o contra-cheque até o fim do mês que vem.

Endividamento

A situação econômica dos consumidores não é das melhores. De acordo com dados da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Vitória, mais de 550 mil pessoas estão inadimplentes no Estado; em setembro, esse número cresceu quase 9% em comparação ao ano passado, um aumento maior que a média nacional, de 5,5%.