• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kuroda, do BC do Japão, diz que atuais metais de juros são apropriadas

Economia

Kuroda, do BC do Japão, diz que atuais metais de juros são apropriadas

Tóquio - O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse hoje que as atuais metas de juros da instituição são apropriadas, em sua última tentativa de conter rumores sobre um suposto aperto antecipado da política monetária.

"Eu gostaria de enfatizar que o atual controle da curva de juros é muito bem-sucedida e vamos continuar com a atual estrutura a fim de cumprirmos o objetivo de atingir (inflação) de 2%", disse Kuroda durante fórum da Paris Europlace em Tóquio, referindo-se à política do banco central japonês de manter o juro do bônus federal (JGB) de 10 anos em torno de zero.

Os comentários de Kuroda vêm em meio à especulação de que o BoJ poderá considerar elevar suas metas de juros para reduzir os efeitos negativos de sua agressiva política monetária, após Kuroda mencionar a chamada "taxa reversa" durante discurso no mês passado. A taxa reversa é o momento em que cortes de juros de um banco central prejudicam o sistema bancário e revertem os efeitos do relaxamento monetário.

Kuroda declarou nesta segunda-feira que a política acomodatícia do BoJ teve impacto positivo na economia, mas também gerou alguns efeitos colaterais.

O BoJ reorientou sua política no ano passado, ao passar a priorizar a taxa de depósito de curto prazo e o juro do JGB de 10 anos, estabelecidos em -0,1% e zero, respectivamente. Fonte: Dow Jones Newswires.