Brochei!

Não tem jeito… Todo mundo brocha. Homens e mulheres. Mas hoje o meu papo é com os homens, afinal, a brochada deles é muito mais visível e pode acabar causando um constrangimento difícil de superar. O que posso adiantar é: brochar é supernormal.

Se você já tem mais de 40 anos e lida com episódios de perda da ereção ou de impotência sexual com alguma frequência, vale a pena procurar ajuda médica. Existe uma série de fatores que podem contribuir para o problema como o estresse, a diabetes e a pressão alta. Além disso, independentemente da sua idade, os fatores psicológicos são muito fortes nesta questão.

Vivemos um momento socioeconômico bastante adverso. E é difícil manter o tesão num cenário de desemprego, falta de grana, pressão das contas no final do mês… Além disso, os homens demoram a identificar que estão passando por outros transtornos como depressão e ansiedade. Temos que considerar também os momentos de insegurança ou de nervosismo diante daquela transa tão esperada, ou sobre a qual se colocou muita expectativa.

Aliás, vamos parar com esse tabu de que homem está preparado pro sexo a qualquer hora. Nada disso. Homem pode ter seus dias de “dor de cabeça” e não estar a fim de transar também. Mas aí vem aquela pressão social reverberando na sua mente e, na hora H, ele brocha! Sexo sem vontade não existe, né.

Por isso, se você brochou primeiro saiba que você não é o primeiro, nem o único e nem o último com quem isso acontece. E prepare-se: isso pode acontecer de novo. Afinal, brochar é normal. Faça uma análise rápida do seu estado emocional e avalie se é possível tentar recuperar o clima, ou se é melhor deixar para a próxima.

Lembrei de mais um cenário muito comum para as brochadas! Você está naquela balada top (rs), open bar, conhece uma gata, bebem muito e curtem a noite toda… Chega a hora da cama e… Nada! Já aconteceu com você? Então anota o meu remédio infalível para a brochada pós-bebedeira: dormir! Rs. É meu amigo, não tem muito o que fazer a não ser curtir uma boa noite de sono e deixar o efeito do álcool passar. Deixe o sexo para o café-da-manhã. Pode até ser mais gostoso!

Brochou? Não precisa fazer drama! Se não é algo que aconteça com frequência, você não precisa se preocupar. Abrace a outra pessoa, troque carinhos e deixe a tensão passar. Ou encontre uma outra forma confortável de relaxar. Você não precisa provar nada pra ninguém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *