• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeiro abre inscrições para Festival de Histórias Infantis. Saiba como participar!

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Cachoeiro abre inscrições para Festival de Histórias Infantis. Saiba como participar!

Além de sensibilizar Cachoeiro para o evento, o festival incentiva a formação de novos artistas profissionais, ao mesmo tempo em que divulga a literatura e fomenta o prazer pela leitura

O projeto é importante para o fortalecimento da contação de histórias infantis escritas por autores capixabas. Foto: Divulgação/Prefeitura

O Ponto de Teatro Darlene Glória, em Cachoeiro de Itapemirim, está com inscrições abertas para o Festival de Histórias Infantis. Os interessados devem pegar a ficha e enviar preenchida até o próximo dia 31 de janeiro.

Para a inscrição impressa, o endereço é o prédio Bernardino Monteiro, no Centro, aberto de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Via internet, solicitação e devolução da ficha são pelo e-mail [email protected]. O candidato precisa ainda enviar uma foto que o mostre atuando, contando uma história.

Qualquer pessoa pode se inscrever, com até duas obras de autores capixabas que já tenham sido publicadas. Em caso de dúvidas, a pessoa pode ligar para o telefone (28) 99946-2173.

O festival é organizado pelo Ponto de Teatro, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e recursos do Fundo de Incentivo à Cultura (Funcultura).

Depois da fase de inscrições, a organização selecionará até 10 candidatos, que farão apresentações entre os dias 14 e 18 de abril, como parte das atividades pré-bienal Rubem Braga 2016. Os locais serão a Casa da Memória, a Biblioteca Municipal Major Walter dos Santos Paiva, a Praça Jerônimo Monteiro e a Praça de Fátima.

Cada pessoa selecionada ganhará cachê de R$ 500 por sua apresentação, que pode durar entre 15 e 25 minutos.

Segundo o gestor de Patrimônio Imaterial da Secretaria Municipal de Cultura, Lucimar Costa, além de sensibilizar Cachoeiro para o evento, o festival incentiva a formação de novos artistas profissionais, ao mesmo tempo em que divulga a literatura e fomenta o prazer pela leitura.

"O projeto é importante para o fortalecimento da contação de histórias infantis escritas por autores capixabas e pela oportunidade de inserir, nas ações culturais, alunos do Ponto de Cultura, tais como Paulo Faccin e Layara Callegari, que surgem no mercado como jovens e novos produtores culturais, frutos dos trabalhos do Darlene Glória”, aponta.