• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Beija-Flor de Nilópolis é a campeã do Carnaval do Rio de Janeiro

Entretenimento

Beija-Flor de Nilópolis é a campeã do Carnaval do Rio de Janeiro

Enredo com críticas à corrupção e à violência no Rio de Janeiro conquistou jurados e garantiu título à azul e branca de Nilópolis

A Beija-Flor, escola de samba da Baixada Fluminense, foi a grande campeã do Carnaval 2018 no Rio de Janeiro. Com o enredo "Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu", a escola fez duras críticas à realidade do País e, ao final da apresentação, arrastou uma multidão na avenida.

Durante a apuração, a escola disputou o primeiro lugar com as outra cinco mais bem colocadas. A competição se acirrou ainda mais nos últimos quesitos, quando o Salgueiro chegou a ocupar o primeiro lugar.

Foi o quesito samba-enredo que definiu a grande campeã. O Salgueiro acabou em terceiro lugar, dando o título à Beija-Flor e deixando a Paraíso do Tuiuti, que também fez um desfile repleto de críticas, em segundo lugar.

A agremiação aproveitou os 200 anos de Frankenstein, romance de Mary Shelley, para tratar os temas, relacionando o monstro que foi abandonado por seu criador ao povo abandonado por seus governantes.

Houve espaço para criticar a farra dos guardanapos dos políticos cariocas e a intolerância racial e de gêneros, com artistas como Jojo Todynho e Pabllo Vitar em suas alegorias.

A Grande Rio, que teve um carro quebrado, e a Império Serrano, que retornava ao Grupo Especial neste ano, foram rebaixadas e vão disputar o Grupo de Acesso em 2019.

Com informações do R7.