• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

As variadas vertentes da fotografia reunidas no MIS

  • COMPARTILHE
Entretenimento

As variadas vertentes da fotografia reunidas no MIS

São Paulo - Já se tornou tradição. Desde maio de 2012, o MIS abre espaço para as mais variadas vertentes da linguagem fotográfica. Neste ano, de 13 de abril a 28 de maio, todos os espaços expositivos serão tomados pela fotografia. Além da exposição Farida, um conto Sírio, no dia 4 de maio a Doc Galeria e o MIS promovem um debate com o fotógrafo Mauricio Lima, parte da família Mujid, com a diretora no Brasil do Human Rights Watch, Maria Laura Canineu, e com a jornalista do The New York Times, Anemona Hartocollis.

O museu traz ainda uma bela exposição da lendária revista suíça Camera, com 219 imagens do século 19 e 20. A revista foi fundada em 1922 e durou até 1981, voltando a ser editada em 2003.

A imagens da mostra, porém, pertencem à coleção do fotógrafo Allan Porter, que dirigiu a revista de 1966 a 1981. Outro destaque fica por conta do coletivo Hikare Criative, dos fotógrafos Adriana Zebrauskas, Ako Salemi, Eric Mencher, Marina Sersale e Q. Sakamaki, que apresenta sua versão das imagens urbanas. Os fotógrafos Penna Prearo, Nair Benedicto, Maureen Bisilliat e German Lorca foram desafiados pelo curador Fausto Chermont e exibem imagens feitas com celular em uma conversa com a Flamob 2017, festival latino-americano de mobgrafias, entre outras exposições. Ainda no mês de maio, no dia 6, haverá o lançamento do Foto MIS, uma série de livros que mostram a riqueza e a diversidade do acervo fotográfico do Museu da Imagem e do Som, produzidos em parceria com o Sesi-SP.

Nos dias 6 e 7 de maio, o MIS recebe a Foto Feira Cavalete, que reúne fotógrafos, galerias, editoras, selos independentes, artistas visuais e produtores, organizado pela DOC Galeria.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.