• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentador Ricardo Martins recebe homenagem e título de Cidadão Vilavelhense

Entretenimento

Apresentador Ricardo Martins recebe homenagem e título de Cidadão Vilavelhense

O apresentador foi homenageado com o título de Cidadão Vilavelhense Foto: TV Vitória

O apresentador do programa Cidade Alerta, da TV Vitória/Record, Ricardo Martins, participou de uma cerimônia solene na noite desta terça-feira (20) e recebeu o título de Cidadão Vilavelhense. 

A festa, que faz parte das comemorações dos 479 anos de colonização do Solo Espíritossantense, que acontece na próxima sexta-feira (23), foi realizada pela Câmara Municipal de Vila Velha e reuniu diversas autoridades capixabas 

Na cerimônia foram prestadas três tipos de homenagens: Título de Cidadão Vilavelhense, Medalha de Honra ao Mérito e Indicação de Comenda. “A Câmara Municipal de Vila Velha quer homenagear as pessoas que se destacaram ao longo do ano e deram a sua contribuição para a cidade de Vila Velha”, disse o vereador Joel Rangel. 

Entre os homenageados da noite estava o apresentador Ricardo Martins. O jornalista foi escolhido pelo vereador Arnaldinho Borgo para receber o título de Cidadão Vilavelhense. “O Ricardo Martins vem prestando um bom serviço para a sociedade como jornalista e como cidadão. Além disso, é possível perceber a paixão que ele tem pelo município. Então, através disso, nós indicamos o nome dele para receber essa comenda de Cidadão Vilavelhense”, destaca. 

Vivendo no Espírito Santo há mais de um ano, Ricardo escolheu a cidade de Vila Velha para morar e não escondeu a felicidade em receber o título. “Desde quando eu cheguei aqui, todo mundo sabe, eu escolhi Vila Velha para morar. Não foi à toa. E que coincidência agora receber o título de Cidadão Canela-Verde. Agora eu sou capixaba com muito orgulho, com muito amor”, afirma o apresentador.

Quem convive com o apresentador, sabe a paixão que ele tem pelo município. “Não teve jeito. Ele diz que aqui se ouve muito melhor o chuá-chuá do mar”, brincou a jornalista Débora Herzog.