• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kelly Key relembra traições de Latino: "Eu era burra"

Entretenimento

Kelly Key relembra traições de Latino: "Eu era burra"

Sem papas na língua, Kelly Key falou abertamente sobre o fim do relacionamento com o cantor Latino, que começou quando ela tinha apenas 14 anos

Kelly Key e Latino tiveram um romance polêmico Foto: R7

O passado de Kelly Key e Latino é cheio de questões mal resolvidas que vieram à tona bem no auge do sucesso da cantora, que dominou as rádios com Baby, Adoleta e Cachorrinho. Pupila do cantor, o fim do romance dos dois causou muita polêmica na época e ainda é alvo de debate.

Depois de muito "disse me disse" e histórias desencontradas, a cantora resolveu abrir o jogo numa entrevista ao programa de rádio De Cara, comandado pelo jornalista Leo Dias, na rádio FM O Dia. 

Questionada pelo colunista a respeito da relação que tem hoje com o pai de sua filha Suzana, ela foi categórica: "Não tenho uma relação com ele".

A última vez que Kelly Key teve contato com o cantor foi há dois anos, por e-mail, a respeito da pensão que a adolescente de 15 anos recebe — Suzana ganha um salário mínimo por mês do pai.

Sem papas na língua, Kelly Key falou abertamente sobre o fim do relacionamento com Latino, que começou quando ela tinha apenas 14 anos.

— Eu terminei, porque era muito traída, não aguentava mais aquilo. Algumas coisas ficaram lá fora, no passado, eu não me lembro muito bem. Não foi o primeiro fim que eu pus, já tinha várias vezes. A gente tinha terminado [quando conheceu o Mico, atual marido]. Eram várias idas e vindas, era um relacionamento muito mal resolvido, principalmente no final. Eu era muito jovem, uma adolescente. 

Questionada sobre a história de que ficava trancada em casa enquanto Latino fazia shows, Kelly Key se mostrou surpresa e questionou Leo Dias a respeito de suas fontes. Apesar de se recusar a responder a pergunta, a cantora admitiu que foi muito burra durante todo o relacionamento.

— Não havia isso assim tão... Não quero colocar dessa maneira. Eu aceitava coisas que não deveria por achar que aquilo seria eterno e incrível. Priorizei o meu relacionamento porque eu tinha uma filha, não queria que ela crescesse num ambiente sem pai. Eu tinha 16 anos, eu era burra, eu chorava. 

Ao falar sobre as traições de Latino, a loira fez questão de negar qualquer boato de que teria se vingado do cantor na mesma moeda.

— Não traí. Mas se tivesse traído, não estaria fazendo nada demais, seria um refúgio para muitas coisas que sofri, mas não tinha cabeça para isso, era burra pra... [risos]. Eu lembro que, na hora da volta, ele vinha com flores, cartas, declarações de amor... Isso fazia com que eu voltasse e depois, eu sofria ainda mais. Tudo que vivenciei, parece que foi um filme, que não aconteceu comigo.

Já que estava lavando roupa suja, a cantora também desmentiu a história de que Latino teria ido à falência por ter investido na carreira dela.

— Não, eu conheci o Latino mal de grana. Meu pai que investiu na minha carreira. Conheci o Latino num momento difícil da vida dele. O meu pai ajudou muito o Latino nesses momentos. A gente alugou uma casa pra ele durante um período porque ele não tinha onde ficar.

Depois de todo o desabafo, Kelly Key disse que não guarda ressentimento nenhum de Latino.

— Não ficou nenhuma mágoa, nenhum ressentimento comigo. Ele é um grande artista, merecedor do sucesso dele. Admiro como artista. 

Com informações do Portal R7.