• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fernando Rocha fala sobre saída da Globo: 'Interessante esse outro lado do muro'

Entretenimento

Fernando Rocha fala sobre saída da Globo: 'Interessante esse outro lado do muro'

"E agora fora da Globo é uma experiência que eu comecei há muito pouco tempo. Eu tô achando interessante esse outro lado do muro"

Foto: Divulgação

Na última terça-feira, dia 11, Fernando Rocha marcou presença no Luciana by Night, apresentado por Luciana Gimenez. Em conversa com a apresentadora, ele abriu o jogo sobre o Bem Estar, programa da Globo o qual apresentou. Com sua saída da atração e, por consequência, da emissora após 30 anos, ele contou como está sua vida agora:

- Eu comecei em Belo Horizonte, depois fui para Recife, sempre na TV Globo. Na verdade eu comecei no jornalismo muito cedo. (...) E agora fora da Globo é uma experiência que eu comecei há muito pouco tempo. Eu tô achando interessante esse outro lado do muro, o outro lado do mar.

Quando foi apresentar a atração, ele trabalhou ao lado de Mariana Ferrão, e foi só elogios à ex-colega:

- A Mari Ferrão me ajudava! A minha irmã mais velha, embora seja mais nova do que eu, mas uma irmã mais velha. Carinhosa, sempre acolhedora.

Além disso, abriu o jogo sobre ter mudado o estilo de vida, já que apresentava um programa sobre saúde! Pesando 115 quilos, Fernando conseguiu perder bastante peso:

- Emagreci 20 quilos com o projeto do programa, o Afina, Rocha. Eu tinha quase 20 quilos a mais e fazia o programa. Alguma coisa devia estar errada, né? Como é que um gordinho podia fazer um programa sobre saúde, falando sobre riscos cardiovasculares, riscos de AVC, riscos de vários problemas ligados ao câncer, pesando três dígitos na balança?

O que ajudou também foi o fato de ele ter deixado o carro na garagem:

- Troquei o carro por uma bicicleta e não me arrependo. (...) Eu fiz isso e não me arrependo. Não tem nenhuma conta que o carro saia ganhando com relação a qualquer outro veículo. O carro sempre vai custar mais caro do que qualquer outra coisa. Claro que, em relação ao conforto, ele vai valer mais a pena. Mas com relação a tempo no trânsito, com relação a preço de seguro, IPVA, manutenção.