• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após sofrer assédio, jornalista Gretchen Carlson receberá cerca de 64 milhões de reais da Fox News

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Após sofrer assédio, jornalista Gretchen Carlson receberá cerca de 64 milhões de reais da Fox News

A emissora se desculpou publicamente pelo ocorrido, ressaltando o profissionalismo que Gretchen Carlson teve durante o tempo que ficou na emissora

Gretchen Carlson receberá cerca de 64 milhões de reais Foto: Reprodução/Instagram

A Fox News pagará 20 milhões de dólares, ou cerca de 64 milhões de reais, para a jornalista Gretchen Carlson, que sofreu um assédio sexual pelo diretor da empresa em julho. Segundo informações do site Daily Mail, uma declaração formal foi feita pela companhia na manhã desta terça-feira, dia 6. A emissora se desculpou publicamente pelo ocorrido, ressaltando o profissionalismo que Gretchen teve durante o tempo que ficou na emissora.

A 21st Century Fox é grata em anunciar que o processo de Gretchen Carlson chegou ao fim. Durante o tempo que ficou na Fox News, Gretchen exibiu os melhores padrões de profissionalismo dentro do jornalismo. Ela nos forneceu uma audiência leal e foi a fonte de informação de muitos lares americanos. Nós nos orgulhamos que ela participou do time da Fox News. Nós nos desculpamos sinceramente pelo fato que Gretchen não foi tratada com respeito e dignidade que ela e todos os nossos colegas merecem.

Em troca deste acordo, Gretchen concordou em tirar as denúncias feitas ao presidente da empresa, Roger Ailes. Ela também não trará mais informações que prejudiquem qualquer um dos funcionários da Fox. A jornalista também declarou que está pronta para seguir em frente e que as mulheres devem vir à tona e denunciarem os assédios que vivem diariamente.

Ailes teria assediado Gretchen, que recusou as investidas impróprias do diretor, em julho. Após declarar publicamente sobre as propostas sexuais que recebeu do diretor, ao menos outras 20 mulheres também declararam que foram abusadas por Ailes. O diretor negou as acusações, mas segue afastado da emissora.