• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Banda Quabales e brasileira Iza roubam a cena com o CeeLo Green

Entretenimento

Banda Quabales e brasileira Iza roubam a cena com o CeeLo Green

Rio - Daqui a alguns anos, quando a edição de 2017 do Rock in Rio entrar para a história, dois serão os grupos levados em conta: aqueles que fizeram apresentações épicas na Cidade do Rock, caso de Nile Rodgers, BaianaSystem, Johnny Hooker, Skank e Alice Cooper, e aqueles que caíram no esquecimento. O cantor norte-americano CeeLo Green se encaixa com maestria no primeiro quesito.

O show, apagado em alguns momentos, tinha a mesma energia de um grande baile de formatura de ensino médio no auge de sua efervescência adolescente desenfreada. Quem roubou a cena foi a cantora brasileira Iza, que teve uma participação brilhante e um discurso bastante político. A banda Quabales, que já havia tocado mais cedo no mesmo Palco Sunset, com Margareth Menezes, também encorpou o som e fez a combinação funcionar.

Primeiro artista confirmado no Palco Sunset do festival, CeeLo Green mostrou talento. Com agudos estridentes, cantou sem medo de ser feliz. Usou e abusou dos gritinhos, às vezes desafinados, para convencer o público que assistia à sua performance no início da noite deste sábado, 23.

CeeLo Green estourou mundialmente nas paradas de sucesso com a música Crazy (pelo projeto Gnarls Barkley). Depois disso, ele voltou ao topo em 2010 com o desabafo Fuck You (Forget You), já em carreira solo.

A mistura de soul e rock ganhou mais dinamismo quando a cantora brasileira Iza subiu ao palco para dividir os microfones com Ceelo Green. Soberana no palco, Iza roubou a cena com um discurso político. "Nós precisamos cuidar do que é nosso. Precisamos cuidar da nossa Amazônia", disse ela. Poucos minutos depois começaram os primeiros gritos contra o presidente Michel Temer.

A participação de Iza fez a performance de CeeLo Green melhorar. Em Crazy, seu maior hit, o público cantou as estrofes com força e entusiasmo. Iza foi tão intensa e performática que deveria ter tido um show só dela no Rock in Rio e, quem sabe, com a participação de CeeLo Green.

No final, ainda houve tempo para a banda Quabales brilhar e fazer um encerramento épico no Palco Sunset. Juntos, com Iza no palco novamente, eles tocaram uma versão irreverente de September. Ainda houve tempo para uma brincadeira com o hit Deu Onda, de MC G15. A surpresa do dia saiu de onde menos se esperava.