• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justiça decreta prisão de Dado Dolabella por insulto à ex-mulher

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Justiça decreta prisão de Dado Dolabella por insulto à ex-mulher

A decisão publicada pelo Conselho Nacional de Justiça diz que ele deverá cumprir dois meses e 15 dias de pena em regime aberto

Mais uma vez Dado Dolabella tem problemas com a Justiça. Desta vez, foi decretado a prisão do ator por ato de injúria contra a ex-mulher Viviane Sarahyba. A decisão publicada pelo Conselho Nacional de Justiça diz que ele deverá cumprir dois meses e 15 dias de pena em regime aberto. Com isso, de acordo com o jornal Extra, a pena é cumprida em casa de albergado ou, na falta deste, em estabelecimento adequado, como a residência do réu. Dessa forma, o condenado é autorizado a deixar o local durante o dia, devendo retornar à noite.

Segundo consta no processo, por volta de 18h30m do dia 26 de dezembro de 2010, Dado chegou à casa de Viviane depois de passar o dia com o filho do casal para deixar a criança, quando a ex-mulher disse-lhe que ele não poderia levar seus instrumentos. Segundo a acusadora, o fato gerou um inconformismo injustificado de Dado, que passou a xingá-la. Três dias depois, o ator foi novamente deixar o filho na casa da modelo. Ao chegar à porta, com a babá, estacionou e entrou na residência. Neste momento, Viviane teria chegado também de carro e sido insultada novamente pelo ex-marido.

Segundo o relato dela, com uma chave, o ator ainda escreveu palavrões nas portas do lado direito do veículo dela. Aliás, o ator já havia sido condenado em junho de 2014 pela juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3ª Juizado da Violência Doméstica no Rio. No entanto, como na época ele era réu primário, a punição de Dado foi substituída por comparecimento mensal à Justiça, proibição de ausentar-se do Rio sem prévia autorização, além de participação em reuniões, aos fins de semana, para homens envolvidos em situações de violência doméstica.

Além disso, ele também foi condenado a pagar 600 reais para reparar o dano na lataria do carro. Mas a juíza, na época, garantiu que, caso as medidas fossem descumpridas, a pena inicial — de prisão — passaria a valer. Dado descumpriu as medidas determinadas no processo, e, por isso, teve o mandado de prisão expedido.

Lembrando que o ator já passou dois meses preso entre fevereiro e abril de 2018 pelo não pagamento da pensão alimentícia de um dos seus três filhos, fruto do relacionamento que teve com Fabiana Vasconcelos. A dívida era de 196 mil reais, e o ator alegou não ter o dinheiro para efetuar o pagamento.