• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Khloé Kardashian abre o jogo sobre Lamar Odom: - Eu o amo e sempre vou amar

Entretenimento

Khloé Kardashian abre o jogo sobre Lamar Odom: - Eu o amo e sempre vou amar

Mas sua ex-mulher, Khloé Kardashian, está do lado dele desde o momento em que foi internado no hospital. Khloé adianta que isso não significa que ambos irão retomar o relacionamento

Khloé adianta que isso não significa que ambos irão retomar o relacionamento Foto: Agência Estrelando

Lamar Odom deu um susto em todo mundo quando foi encontrado desacordado no quarto de um bordel. Ao ser socorrido imediatamente, o astro do basquete estava sofrendo risco de vida. Mas sua ex-mulher, Khloé Kardashian, está do lado dele desde o momento em que foi internado no hospital.

Apesar de já ter falado sobre o assunto, a irmã de Kim Kardashian deu entrevista exclusiva para a People e não deixou de falar sobre o assunto, principalmente do momento exato em que ficou sabendo do incidente:

- Tudo o que eu sabia era que eu tinha que ir para lá. Eu tinha que chegar até ele e ter certeza de que ele estava bem. Eu odiei vê-lo naquela situação. Eu não gostaria de ver ninguém naquela situação, especialmente alguém que eu amo e me importo.

Mesmo tendo cancelado seu divórcio com Lamar, Khloé adianta que isso não significa que ambos irão retomar o relacionamento:

- Há tantas outras coisas importantes, muitas coisas médicas. Nem está em nossas cabeças pensar na gente como um casal ou estando em um relacionamento agora. Eu o amo e sempre vou amar. Não acredito que o amor seja inconstante. Acredito que quando você ama alguém, você pode amar a pessoa de longe. Você não precisa estar com a pessoa para amá-la.

Por fim, deu os detalhes mais recentes do estado atual de Lamar e afirmou estar bem esperançosa com a recuperação dele:

- O fato de ele ter acordado foi definitivamente um alívio para todo mundo. Toda hora é diferente. Tem altos e baixos, mas ele está acordado. Ele está vivo e era isso que eu queria, que ele ficasse bem. Há um longo caminho à frente. Ele tem que andar por esse caminho por conta própria e, mais importante, ele tem que querer andar por esse caminho. Estarei lá apoiando em todos os passos que ele der, concluiu.