História de sucesso: Eduarda Buaiz, sua vida e trajetória

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

Eduarda Buaiz  é a personagem de hoje na seção Histórias de Sucesso. Aliás, ela é a primeira mulher a estar neste espaço, desde que lançamos o quadro.

Dona de um carisma ímpar e com o dom do empreendedorismo, ela  faz jus ao sobrenome Buaiz e zela pela tradição familiar nos negócios.

Eduarda empresta nessa entrevista os seus sucessos, especialmente nos negócios. Atual diretora da Buaiz Alimentos – braço gastronômico do grupo de empresas da família  e  mãe dos pequenos Arthur e Felipe, casada com Cláudio Rezende, a executiva esbanjou personalidade, simpatia e ainda nos falou sobre as perspectivas para o pós-pandemia. Então, vamos à nossa personagem.

 

Quem é a Eduarda?

 

quatro anos, estou como diretora-geral e vice-presidente da Buaiz Alimentos. Desde muito cedo, estive ligada aos negócios da família. Em 1996, com apenas 16 anos, já participava de reuniões na empresa.

Este início foi determinante para que eu descobrisse minha vocação para o empreendedorismo. Sou formada em Administração de Empresas pela PUC-RJ e comecei a traçar uma trajetória de experiências profissionais e especializações.

Iniciei minha carreira atuando no marketing do Shopping Vitória e do Shopping Tijuca-RJ e atuei também na área de administração e finanças do primeiro.

Em 1999 me tornei  gerente de planejamento e finanças na TV Vitória, e, em 2003, ingressei no cargo de gerente administrativa e financeira do Grupo Buaiz.

Em 2008 fui promovida ao cargo de diretora administrativa e financeira do Grupo. Fiz uma imersão de um mês em um moinho de trigo na Suíça, e, no retorno, em 2016, assumi o cargo de diretora-geral da Buaiz Alimentos.

Sou casada, mãe de dois filhos, multifuncional” em casa e no trabalho, sempre desempenhando vários papéis, como a maioria de nós mulheres. Estou sempre em busca do equilíbrio para desempenhar da melhor forma possível todos os papéis, seja o de empreendedora, de esposa ou de mãe. Estou em constante processo de autoconhecimento e de transformação. Acho que esse processo deve ser permanente e é fundamental para quem busca a evolução.

 

O que tem a dizer sobre Família/filhos?

A família é minha principal fonte de energia. Meus filhos, meu marido e meus pais são, ao mesmo tempo, inspiração e refúgio. Eles me estimulam a seguir adiante com criatividade, garra e dedicação.

A Buaiz Alimentos também é outra fonte de energia e satisfação. Faço o que amo. Estar hoje à frente de uma empresa com quase 80 anos de história me dá forças para seguir, mesmo diante de tantos desafios.

Sobre os meus filhos, penso e defendo que eles farão as próprias escolhas e terão sempre o meu suporte, meu apoio e o meu incentivo. Como mãe, tento oferecer os melhores recursos, mas eles vão trilhar os caminhos que escolherem.

Eu acredito e transmito meus valores: o trabalho, o amor ao que se faz, o respeito ao próximo e às diferenças, a solidariedade e a justiça.

 

Eduarda Buaiz em família, com seus filhos Arthur e Felipe; e seu esposo Cláudio Rezende. Foto: Acervo Pessoal.

 


Você vem de uma família com um nome importante no Espírito Santo. Quem te inspira?

 

Meu avô Americo Buaiz sempre me inspirou. Desde pequena acompanho de perto os negócios da família, vivendo neste universo e testemunhando a evolução, os desafios e toda a trajetória da empresa. Inclusive enquanto o meu avô ainda estava à frente da empresa eu acompanhava várias reuniões.

Sou grata também ao meu pai, Americo Buaiz Filho, por ter mantido essa liderança nos negócios, de ter alcançado uma visão de futuro e construído um grupo tão sustentável e com negócios diversificados e representativos para o desenvolvimento do Estado. Ele também foi um estímulo para eu trilhar minha trajetória profissional e ir em busca do que acredito.

A minha mãe (Tânia Buaiz) também é uma fonte de inspiração. Ela é um exemplo de mulher, que me fortalece emocionalmente, me ensina como é importante manter a relação afetiva e o bom diálogo com os filhos.

 

Tânia Buaiz, mãe de Eduarda, tem papel fundamental para o sucesso e reconhecimento de sua filha. Foto: Acervo Pessoal.

 

Na Buaiz, consigo colocar em prática muito o que acho que torna o mundo melhor: geramos emprego e renda; conseguimos estar presentes na vida dos capixabas, trazendo sabor, alegria e vendo nossos produtos associados a momentos felizes.

 

Com o pai, Americo Buaiz Filho, Eduarda herdou o talento para os negócios. Foto: Divulgação.

 

Quais são os seus desafios à frente de uma das marcas mais lembradas pelos capixabas ?

É um desafio estar à frente da Buaiz Alimentos, no momento em que a empresa se prepara para completar 80 anos. Sempre há obstáculos a serem enfrentados, mas acredito que assumir uma posição de liderança exige, em primeiro lugar, muito estudo; também profundidade nos negócios em questão; conhecer os diferentes setores da empresa e a responsabilidade de cada função, para estabelecer foco, estratégia; e também obter uma visão ampla de todo o mercado. Eu faço isso.

Sempre fui perfeccionista, determinada e objetiva e acredito que essas características foram fundamentais para construir minha carreira. No dia a dia, busco atender todas as demandas com eficiência, precisão e dinamismo,focada sempre nos resultados positivos para a empresa.

Acredito que essa busca constante pelos melhores resultados e a exigência comigo mesma no exercício de minha função, me levam a transmitir esse mesmo espírito para aqueles que trabalham comigo, e, por isso, temos conquistado muitas vitórias.

 

Como você está vendo  e vivendo este momento? 

É um momento muito difícil e triste, que não gostaríamos que estivesse acontecendo. São muitas vidas perdidas e temos que lamentar e nos solidarizar, em primeiro lugar. Mas, tudo traz aprendizado, e, o principal é que, como sociedade, somos ligados, interdependentes. Estamos também, como profissionais e empresas, nos reinventando, buscando soluções inovadoras e criativas para seguirmos em frente, com cautela e prevenção.

Tenho muito orgulho da atuação social da Buaiz Alimentos neste período, doando alimentos para famílias em situação de risco e de vulnerabilidade social. Já doamos 12 toneladas de produtos nos meses de abril, maio, junho, julho e agosto, por meio de parcerias com o Movimento #IndustriadoBem, Apex Social, CDC – Central das Comunidades, Apae Vitória, Asilo dos Idosos de Vitória. 

Também apoiamos, com a doação de produtos, o Movimento Açucaridade, que levou um pouco de doçura, por meio de bolos, biscoitos e doces, a profissionais de Saúde que atuam na linha de frente no enfrentamento à Covid -19 nos hospitais.

 

Eduarda Buaiz é sempre participativa na rotina dos colaborares e na ações da empresa.

 

Quais as Realizações que mais se orgulha?

Vários projetos importantes foram desenvolvidos nos últimos quatro anos. Concluímos um ciclo de investimentos de R$ 60 milhões, que contemplou a construção de uma nova fábrica de mistura para bolos, um novo centro de distribuição, uma nova recepção de grãos, a expansão da capacidade de moagem de trigo, um novo estacionamento e toda a reforma do prédio matriz. O projeto foi totalmente integrado e envolveu modificações em toda a estrutura da fábrica no Centro, para possibilitar melhorias logísticas e de mobilidade.

Investimos também em novos equipamentos, como uma empacotadeira alemã adquirida para empacotar a farinha de trigo Regina, que permitiu um salto de 48 pacotes por minuto para 110.

Além da ampliação na produção, estamos com uma consultoria robusta em gestão de pessoas junto ao Great Place To Work (GPTW), uma entidade global que desenvolve programas e certificação para companhias que buscam excelência no ambiente de trabalho.

Em 2019, conquistamos o selo GPTW, o que nos reconhece como uma empresa com excelente ambiente de trabalho. O selo, no entanto, foi apenas uma etapa de um projeto mais amplo, que busca avanços em diversos aspectos internos, como clima organizacional, remuneração, benefícios, oportunidade de crescimento, infraestrutura, transparência na gestão e autonomia dos colaboradores.

Outro ponto que eu considero importante foi toda a mudança de identidade visual da marca Buaiz Alimentos, que passou a estampar toda a estrutura da empresa, incluindo produtos, uniformes e peças de comunicação institucional.

Também fizemos uma modernização na linha de produtos Regina, com atualização da marca, das embalagens da farinha de trigo e das misturas para bolo.

Nesta gestão, lançamos novas versões premium de bolos, com uma receita especial nos sabores: cenoura, integral, banana com mel e chocolate; além do sucesso da mistura para brownie em parceria com a chef Flávia Gama, da Chocolateria Brasil.

Eu não poderia deixar de falar das diferentes ações que envolveram o Café Numero 1. Aderimos ao selo “Produto 100% Capixaba”, uma ação da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), que, juntamente com a Câmara Setorial das Indústrias de Alimentos e Bebidas, criou o movimento.

O selo já está estampado nas embalagens de Café Numero 1, Tradicional e Extraforte, reconhecendo que nossos produtos são 100% capixabas, criando uma cultura de pertencimento e fortalecimento da identidade cultural do Espírito Santo.

 

O que espera do futuro?

O ano de 2021 será muito especial para a Buaiz Alimentos, que completará 80 anos de trajetória. Estamos em fase de planejamento. Nossos produtos ganharão um selo comemorativo dos 80 anos e estamos desenvolvendo novidades para a linha de mistura para bolo Regina e para o Café Numero 1. Esperamos apresentar novos produtos, e, mais uma vez, surpreender nossos clientes.

Seguimos em crescimento e em movimento, apostando e investindo também nas melhores práticas em gestão de pessoas, certos de que elas são corresponsáveis por essa história de sucesso.

Como ser humano, quero seguir contribuindo para tornar melhor a vida de outras pessoas. Como líder, continuarei valorizando a gestão participativa e os nossos colaboradores. Como mãe e esposa, seguirei sendo divertida e parceira.

 

O que mais gosta de fazer quando está longe dos assuntos de negócios? 

 

Amo viajar com minha família, conhecer lugares novos, diferentes culturas e gastronomia. Então, nesse tempo de pandemia, viajar faz falta. Mas, acredito que teremos muitas oportunidades pela frente.

Gosto do Espírito Santo como um todo, nosso Estado é abençoado com praias lindas e uma região de montanhas maravilhosa. Sou mais da cidade do que do campo.

Adoro ler. Estou concluindo a coleção do Sidney Sheldon. Acho que a literatura e a ficção trazem uma série de benefícios: são antídotos para reduzir o estresse, e, ao mesmo tempo, aguçam os sentidos e estimulam a criatividade, atributo fundamental no mundo dos negócios, em qualquer época, mas especialmente em um período como esse.

 

Eduarda por Eduarda;

Estação do ano favorita: primavera

Bebida: vinho

Comida favorita: italiana, principalmente as massas frescas produzidas com Farinha de Trigo Regina.

Coleciono miniaturas Swarovski

Meu talento secreto é fazer pália italiana. Modéstia à parte, a minha é um sucesso absoluto (risos).

Bem, nossa história de sucesso fica por aqui, trazendo para vocês uma parte da história de vida de uma mulher que é referência nos negócios capixabas, além de ser apaixonada pela família. Até a próxima história de sucesso!

Tags:, , , , , , , ,

Deixe sua resenha!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *